Ao Vivo Água Boa - MT (99,7 FM)

- Programa: Interativa Playlist
Locutor: -

Ouça Agora!

(66) 99652-7007

Ao Vivo Querência - MT (97,9 FM)

Nenhum Programa está ao vivo agora

Agronegócio

Soja em Cocalinho: safra na reta final

Atualizada dia 07 abril

 

COCALINHO – A safra da soja está finalizando esta semana em Cocalinho. A informação é do agrônomo Juliard Pfost da Cunha.

Segundo ele, não houve perdas no momento da colheita da soja. As perdas mínimas decorrem da falta de chuvas durante todo o ciclo da soja.

Cunha declarou que a produtividade média deve fechar em 60 sacas de soja por hectare. Os produtores plantaram cerca de 11.700 hectares com a oleaginosa.

A estimativa é de uma produção de 702 mil sacas de soja no município.

A soja de Cocalinho tem como principais destinos Uberaba/MG, São Simão/GO, e Rondonópolis/MT.

 

===========================

Atualizada dia 08 mar

 

COCALINHO – A colheita da soja está acelerando em Cocalinho.soja

Algumas fazendas já chegaram a 28% das áreas colhidas, enquanto que em outras, a colheita está começando.

A informação é do agrônomo Juliard Pfost da Cunha. Apesar das chuvas, não há registro de perdas nas lavouras.

A produtividade inicial chega a 59 sacas de soja por hectare. Os produtores de Cocalinho plantaram cerca de 11.700 hectares com soja.

Na sequência, vem a semeadura da safrinha. Os produtores rurais basicamente apostaram no sorgo e no milho como segunda safra.

 

========================= 
Atualizada 04 fev 2021

 

COCALINHO – O município conta com cerca de 12.500 hectares plantados com soja.

A informação é do agrônomo Juliard Pfost da Cunha. Ele disse que as chuvas foram bastante irregulares durante todo o desenvolvimento das plantas.

A colheita começa só no final de fevereiro, devido ao plantio tardio. Algumas lavouras estão agora a 10 dias sem chuvas.

 

========================== 

Atualizada dia 27 nov 

 

COCALINHO – O plantio da soja parou nesta semana em Cocalinho, por falta de chuvas.

O déficit hídrico do solo impediu a continuação da semeadura. Segundo o engenheiro agrônomo Juliard Pfost da Cunha, a estimativa é plantar 12.500 hectares em Cocalinho.

Porém, Mais da metade das áreas estão plantadas, mas a falta de chuvas é geral no município. A germinação da soja está sendo prejudicada por falta de chuvas.

Já o agrônomo José Luiz Arcanjo disse que dos quase mil hectares plantados, foram necessários replantar 20 hectares que não germinaram por falta de chuva.

 

============================ 

Atualizada dia 26 out

 

COCALINHO – As chuvas seguem irregulares no município de Cocalinho.

Segundo o engenheiro agrônomo Juliard Pfost da Cunha, no final de semana algumas regiões do município registraram chuvas entre 15 e 30 milímetros.

Por enquanto, o déficit hídrico do solo ainda é grande, e por isso, os produtores não iniciaram a semeadura da próxima safra de soja.

A expectativa é de que nessa temporada, sejam plantados cerca de 12.500 hectares com a oleaginosa.

Significará um aumento de 13,5% em relação aos 11 mil hectares semeados ano passado.

 

=======================

08 outubro - aumento de área de soja em Cocalinho

COCALINHO – O plantio da soja começa a se expandir também em Cocalinho.

No ano passado, foram semeados cerca de 11 mil hectares segundo o engenheiro agrônomo Juliard Pfost da Cunha. Para esse ciclo, a estimativa é de um aumento de 13,5% na área ocupada com a oleaginosa, devendo chegar a 12.500 hectares.

As principais áreas com soja devem ocupar as margens da MT-326 e do Rio das Mortes, e na MT-100 na região do Itacaiu.
As lavouras devem estar localizadas perto de rodovias estruturadas para permitir a chegada de sementes e insumos, bem como o futuro escoamento da produção.

Juliard ressalta que por enquanto, as regiões produtoras só receberam chuvas de até 20 milímetros. Por isso, os produtores aguardam melhores condições hídricas do solo para começar a semeadura, o que deve ocorrer somente no final de outubro.

Os produtores esperam alcançar a média de 65 sacas de soja por hectare.

Veja mais notícias: