Ao Vivo Água Boa - MT (99,7 FM)

- Programa: Interativa Playlist
Locutor: -

Ouça Agora!

(66) 99652-7007

Ao Vivo Querência - MT (97,9 FM)

Nenhum Programa está ao vivo agora

Agronegócio

Soja em Canarana: colheita finalizou com 55 sacas de média e 15,1 milhões de sacas

Atualizada dia 15 abril

 

CANARANA – O Secretário de Agricultura de Canarana (SEAGRI), informou que a safra de soja está concluída no município.

Foram 275 mil hectares de soja, prejudicada desde a semeadura pela falta de chuvas. Algumas áreas necessitaram de replantio.

Cleyt5on Dias disse que no momento da colheita, a chuva acumulou problemas, causando descontos por conta de grãos ardidos e excesso de umidade.

A safra fechou com média de 55 sacas por hectare, alcançando 15 milhões 125 mil sacas de soja.

Na primeira safra foram plantados 1.200 hectares com milho, mais 130 mil hectares na segunda safra, chegando a 131,2 mil hectares. Houve aumento de 26% na área ocupada com milho em relação à safra passada, que teve 96 mil hectares.

Foram semeados na safrinha 55 mil hectares com gergelim, contra 85 mil plantados na safra passada. Cleyton Dias afirmou que a cultura perdeu espaço para o milho devido a atual conjuntura.

 

=========================

Atualizada dia 24 março

 

CANARANA – Cerca de 90%das lavouras de Canarana já foram colhidas, em meio as chuvas intermitentes das últimas semanas.

Na atual safra tinham sido plantados 290 mil hectares com soja. As máquinas já passaram em 261 mil hectares.

A produtividade está acima de 50 sacas por hectare. Vizinhos conseguiram ajudar quem estava atrapalhado com a colheita em meio a temporada de chuvas.

A solidariedade falou mais alto nesta safra, disse o secretário de agricultura de Canarana, Cleyton Dias.

Não há ainda estimativas para as áreas ocupadas com milho e gergelim safrinha.

 

=========================

Atualizada dia 09 mar

 

cleyton diasCANARANA – Dos cerca de 290 mil hectares plantados com soja, as colheitadeiras já passaram em cerca de 60% das lavouras, ou seja, 174 mil hectares colhidos.

Os problemas segundo relatos de alguns produtores são de grãos ardidos. As informações são do secretário municipal de Agricultura e Meio Ambiente.

Houve necessidade de replantio de talhões de lavouras, por causa do déficit hídrico no início da semeadura. Porém, em outras áreas, a produtividade foi boa. A expectativa é de que a produtividade final deve ser acima de 50 sacas por hectare.

Cleyton Dias destacou que o maior problema é a alta umidade na soja, cujos descontos são altos. A janela de plantio do milho safrinha também está esgotando. Feijão e gergelim também devem ocupar áreas importantes na safrinha.

O milho ocupou no ano passado 96 mil hectares. Esse ano deve ter 105 mil hectares, mesmo com os problemas atuais.

Segundo Cleyton Dias, o preço do cereal é atrativo. Já o gergelim deve ter cerca de 100 mil hectares.

 

============================


Atualizada 04 fev 2021

 

CANARANA – A safra da soja está em andamento em Canarana. Agora, as máquinas estão competindo com pancadas de chuvas, o que é normal nessa época.

O plantio tardio e desparelho da soja está vendo esse ano lavouras com soja verde e em outras partes, a colheita em andamento. A informação é do presidente do Sindicato Rural.

Alex Wisch disse que as lavouras foram atacadas por mosca branca e percevejos, exigindo a intervenção dos produtores. A produtividade inicial deve ficar próxima das 55 sacas de soja.

Segundo ele, algumas lavouras estão registrando apenas 35 sacas por hectare, enquanto outras registram até 60 sacas por hectare. É o resultado das chuvas esparsas que nem sempre contemplaram todo o município.

 

============================ 

Atualizada dia 11 jan 2021

 Quebra pode chegar a 30%

CANARANA – A soja está ocupando cerca de 295 mil hectares no município.alex wisch

A informação é do presidente do Sindicato Rural. Alex Wisch ressaltou que cerca de 15% das áreas, ou 44 mil hectares foram replantados, por causa do déficit hídrico. As lavouras de soja estão em fase de desenvolvimento.

Alguns talhões tem mais dificuldades, justamente por causa das chuvas esparsas. Outros talhões podem apresentar quebra de até 30%. Wisch acredita que mesmo com a normalização da chuva, algumas perdas serão irreversíveis.

Outros talhões de lavouras já estão lourando e a colheita deve começar no final de janeiro. A esperança é de que os talhões plantados mais tarde ou replantados, apresentem boa produção para recuperar as demais perdas.

Safrinha

Devido ao atraso na semeadura da primeira safra, o milho safrinha deve ocupar cerca de 100 mil hectares; Já o gergelim, pela estimativa dos produtores, deve chegar a no máximo 90 mil hectares, mantendo praticamente a área do ano passado.

 

================================  

Atualizada dia 30 Dez

 

CANARANA - Estão quase finalizados os trabalhos de plantios e replantio da soja em Canarana. Poucas áreas tiveram necessidade de replantio. A informação é do presidente do Sindicato Rural. Alex Wisch salientou que os produtores rurais não devem entrar 2.021 plantando soja no município.

As lavouras estabilizaram devido ao retorno das chuvas, apesar das precipitações irregulares. Alguns lugares registraram acumulados acima de 100mm na semana enquanto que em outros lugares, as chuvas ficaram abaixo dos 50mm.

Um exemplo ocorreu na propriedade de Wisch. Nesse ano o acumulado é de 370mm mas em uma área a cerca de 20km , já foram registrados quase 700mm acumulados.

Agora os produtores já se preparam para a colheitas de olho nos resultados. Alguns devemos começar a colheita por volta de 25 a 28 de janeiro de 2.021.

 

==================================================

Atualizada dia 30 nov

 

soja canCANARANA – A situação das lavouras de soja é altamente instável no município de Canarana. A declaração partiu do presidente do Sindicato Rural.

Alex Wisch salientou que as lavouras que mais sofrem com a falta de chuvas estão em regiões de cascalho e areia. A semeadura ainda não foi concluída, justamente por causa do déficit hídrico. soja can 2

Wisch relatou que em algumas lavouras, não são registradas chuvas a mais de uma semana. Em outras, somente pancadas de chuvas. De um modo geral, o sindicalista ressalta que faltam chuvas regulares há cerca de um mês.

Muitos talhões de lavouras foram replantados, justamente onde não ocorreram as pancadas de chuvas.

De olho no clima, o sojicultor teve que conviver com ataques de percevejos e torrãozinho. Com os manejos adequados, as pragas foram controladas. 

Alex Wisch disse que lavouras na mesma localidade enfrentam realidades diferentes. Em uma propriedade, a soja desenvolve dentro do adequado.

Já em outra distante apenas 9 quilômetros, oito dias sem chuva estão cobrando um preço caro demais para a cultura.

Perto de 90% das áreas estão plantadas.

 

============================ 

Publicado em 09 nov

CANARANA – Cerca de 60% das lavouras já foram plantadas com soja em Canarana. alex wisch

A informação é do presidente do Sindicato de Canarana. Alex Wisch disse que por falta de chuvas, alguns talhões de lavouras germinaram com problemas.

Outras áreas onde a qualidade da semente foi inferior, também não germinou adequadamente. Wisch disse que para o atual ciclo, devem ser semeados cerca de 300 mil hectares com a oleaginosa no município.

Ao menos 180 mil hectares já foram semeados, mas os trabalhos seguem lentos por falta de chuvas.

Veja mais notícias: