• Anuncie
  • Brasil Escolar

0
0
0
s2sdefault

QUERÊNCIA – Na última sexta-feira (06/09), aconteceu uma reunião sobre a cadeia da piscicultura no município de Querência, setor em franca expansão e que tem sido foco de investimentos por parte da Secretaria Municipal de Agricultura.

O programa da piscicultura dentro do município foi um projeto gerado em lei (Lei nº 1054, de 04 de setembro de 2017), analisado e aprovado pela Câmara Municipal de Vereadores e sancionado pelo também prefeito à época, Fernando Görgen.

O programa, que teve início no final do ano de 2017, abrange todos os assentamentos: Canaã, Pingos d’água, São Manoel, Brasil Novo e Coutinho União, além dos chacareiros. E a reunião de sexta-feira, que aconteceu na sede da secretaria municipal de assistência social, foi justamente voltada aos chacareiros do município.

Participaram da reunião o presidente Câmara de Vereadores, vereador Neiriberto Martins Erthal, o secretário municipal de agricultura, Luiz Vezaro e demais servidores que atuam diretamente no desenvolvimento da cadeia produtiva no município. Os extensionistas rurais da EMPAER, Carla Simões, Vanilson Lima e Alexandre Scarello também estiveram presentes na reunião. Alexandre, que é extensionista rural na EMPAER de Barra do Garças, e que já possui um amplo conhecimento na cadeia produtiva da piscicultura, apresentou os diagnósticos levantados na região.

A presença de Alexandre na reunião faz parte de uma parceria firmada entre EMPAER e o Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento Econômico, Social e Ambiental Médio Araguaia (CODEMA), para o fortalecimentos das cadeias produtivas da região. No caso de Querência, nessa parceria a cadeia produtiva contemplada foi a piscicultura.

Segundo o secretário Luiz Vezaro, foi acordado com os chacareiros que serão realizadas reuniões de forma mensal. O secretário salientou que essas reuniões serão o momento dos chacareiros tirarem suas dúvidas e compartilharem experiências e conhecimento.

No mês de março, o presidente da Câmara Municipal, vereador Neiriberto, o engenheiro de pesca da secretaria municipal de agricultura e integrantes da Cooperativa de Piscicultores do Vale do Araguaia (COPSVALE), se reuniram com o engenheiro Paulo Tavares, da Desenvolve MT (antiga MT FOMENTO), responsável pela disponibilização de linhas de créditos de inúmeras cadeias produtivas na agricultura. Na ocasião, foi disponibilizado um laboratório para a produção de alevinos e foram feitas as primeiras tratativas para a instalação de um Frigorífico de Peixe, que deverá atender a demanda de toda região, fomentando a agricultura familiar em Querência.

Veja Também

Economia
  • 19 Novembro 2019
  • Por Inácio Roberto

Plantio de soja quase concluído em Querência

QUERÊNCIA – O plantio da soja em Querência está praticamente finalizado. Nessa semana, as máquinas devem encerrar o serviço. A informação é do presidente do Sindicato Rural de Querência. Osmar...