• Anuncie
  • Brasil Escolar
0
0
0
s2sdefault

QUERÊNCIA – A Casa de Saúde do Índio (CASAI) de Querência emitiu uma nota de esclarecimento, desmentindo rumores à cerca do coronavírus que tem circulado nas redes sociais nos últimos dias. Foram propagados áudios com a falsa informação de que dois indígenas do município estariam com Covid-19, e que teriam negado tratamento, e por isso estariam circulando livremente pela cidade.

A CASAI esclarece que até o presente momento não há nenhum caso suspeito nem confirmado de indígenas na CASAI nem no Parque Indígena do Xingu acometidos pelo Covid-19.

A nota de esclarecimento foi direcionada à Secretaria Municipal de Saúde, e está em concordância com os as informações que a secretária municipal de saúde Lubiane Boer já havia fornecido, desmentindo assim as notícias falsas.

A CASAI solicita ainda que antes de compartilhar tais informações, que os órgãos competentes sejam procurados para esclarecimentos, evitando propagar assim notícias falsas e aumentar o medo entre a comunidade, que já está receosa por conta da pandemia do novo coronavírus.

Coronavírus em Mato Grosso

Até o momento, um caso de Covid-19 foi confirmado em Cuiabá e outros 73 casos são monitorados pela Secretaria Estadual de Saúde e aguardam o resultado de exame para comprovar ou descartar a presença de coronavírus. A informação é do secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo.

Desse total, 40 exames já estão sendo realizados pelo Laboratório Central de Saúde Pública de Mato Grosso (Lacen), na capital. Os demais já haviam sido encaminhados para São Paulo (SP) e devem ficar prontos em até 72 horas.

O secretário destaca que cerca de 85% dos casos devem ser considerados leves e vão ser tratados em casa. Somente serão atendidos nos hospitais os pacientes considerados graves.

Os casos suspeitos estão nos seguintes municípios: Cuiabá (27), Araputanga (1), Aripuanã (3), Cáceres (2), Campos Novo do Parecis (3), Campo Verde (2), Comodoro (1), Ipiranga do Norte (1), Juína (1), Juruena (1), Lucas do Rio Verde (6), Nova Monte Verde (1), Nova Xavantina (2), Novo Horizonte do Norte (1), Pedra Preta (1), Peixoto de Azevedo (1), Poxoréu (1), Primavera do Leste (2), Rondonópolis (5), São José do Rio Claro (2), Sinop (2), Tangará da Serra (3) e Várzea Grande (4).

Os outros dois casos suspeitos que apresentaram diagnóstico positivo em laboratórios privados, sendo um em Cuiabá e um em Rondonópolis, aguardam a realização de exames de contraprova no Lacen MT, para validação do resultado divulgado ou que apresentem documentação comprobatória dos laboratórios de referência nacional validando suas análises. (G1 MT)

Veja Também

Policial
  • 20 Janeiro 2020
  • Por Inácio Roberto

PM localiza Palio furtado

 ÁGUA BOA - A Polícia Militar foi informada nesta segunda-feira, às 9hs 30min da manhã, de que havia um veículo abandonado no meio da mata próximo à uma antiga Escola Agrícola nos fundos do Bairro...