0
0
0
s2sdefault

Imagem: YoutubeQUERÊNCIA – No último domingo (26/07), o CTG Pousada do Sul foi palco do 8º Leilão Direito de Viver, em prol do Hospital do Amor de Barretos. Por conta da pandemia do novo coronavírus, o evento este ano precisou se reinventar, e aconteceu de forma virtual.

Em aproximadamente cinco horas de evento, R$ 150 mil foram arrecadados.

Segundo o coordenador do Hospital do Amor de Barretos em Querência, Genésio Falabretti, as expectativas com o evento foram superadas.

Além do leilão, outras ações também vem sendo desenvolvidas em prol da instituição, como a barraca solidária montada no canteiro central da Avenida Cuiabá no início do mês, e a barraca da agricultura familiar, montada na Feira Municipal.

Falabretti lembra ainda que sobraram algumas prendas do leilão, e que em breve novas ações devem ser desenvolvidas para converter essas prendas em dinheiro, que será revertido ao Hospital do Amor.

Segue aberta ainda a Campanha do Milho, onde o produtor pode doar tanto sacas de milho, quanto o valor referente à essas sacas. Basta entrar em contato com Genésio Falabretti no (66) 98458-0250.

A transmissão do 8º Leilão Direito de Viver foi realizada pela equipe do site Querência News. Os leiloeiros do dia foram Rodrigo Chaves, Elismar Freitas e Jorge Mossini. Julie decoradora adornou o espaço. Já a animação do evento, com música ao vivo, ficou por conta de Vitor Salles, Jackson, Marcelo e Tchê Sonorização.

Hospital do Amor & Querência

Em 2019, o Hospital do Amor de Barretos realizou 487 atendimentos para 33 pacientes de Querência. Mais de 2.300 municípios de 27 estados do Brasil encaminharam seus pacientes para os cuidados do Hospital do Amor no ano passado. Cuidados esses que são gratuitos, mantidos por eventos como o Leilão Direito de Viver.

O 7º Leilão Direito de Viver, realizado em Querência no ano passado, arrecadou cerca de R$ 342 mil reais para o Hospital do Amor.

==============================================================

Barraca solidária em prol do Hospital do Amor permanece na Avenida Cuiabá até esta quinta-feira (09)

Publicado em 09 de julho de 2020

QUERÊNCIA – Diante de uma pandemia como a do novo coronavírus, outras doenças saem um pouco dos holofotes da imprensa. Pior: dependendo de como o sistema de saúde se organiza, a sobrecarga de pacientes infectados faz com que os profissionais não consigam atender adequadamente vítimas de outros problemas. E, entre eles, há uma preocupação especial com o câncer. Pessoas diagnosticadas com um tumor são mais suscetíveis a complicações da Covid-19, a enfermidade provocada pelo novo coronavírus. Por outro lado, via de regra elas não podem suspender o tratamento.

Todos os anos leilões são promovidos pelo país para angariar fundos aos Hospitais que tratam desses pacientes com câncer. Em Querência, Genésio Falabretti é o responsável por organizar e realizar o Leilão Direito de Viver, em prol do Hospital do Amor de Barretos, que atende diversos querencianos todos os anos.

Este ano, o Leilão que chega em sua oitava edição, acontecerá de forma virtual por conta da pandemia de Covid-19, que assola o país. Mas é justamente por causa dos efeitos da pandemia, que o Leilão precisa mais que nunca da colaboração da comunidade.

Desde o dia 02 de julho uma barraca está montada no canteiro central da Avenida Cuiabá, próximo ao Banco do Brasil. A Barraca solidária recebe doações, tanto em dinheiro em espécie, até qualquer produto que possa ser vendido, para que o dinheiro arrecadado seja repassado ao Hospital do Amor, em Barretos. A Central Bebidas, na Avenida Sul, também está recebendo as doações.

Nos próximos dias também haverá uma Barraca da Agricultura Familiar em prol do Hospital do Amor, na Feira Livre. A comissão divulgará com antecedência quando a barraca estará na Feira.

Os produtores ainda podem contribuir com a Campanha do Milho. Falabretti salienta que a doação pode ser tanto em sacas de milho, como no valor referente às sacas.

A comunidade pode contribuir ainda com o 8º Leilão Direito de Viver, doando ou dando lances no evento, que este ano acontece de forma virtual no dia 26 de julho, último domingo do mês.

O leilão acontecerá à partir das 12hs do dia 26/07, e será transmitido ao vivo em todas as plataformas digitais do Querência News.

No ano passado, o 7º Leilão Direito de Viver arrecadou quase R$ 342 mil.

Para contribuições e informações, (66) 98458-0250 é o contato do organizador do Leilão, Genésio Falabretti.

Veja Também