• Anuncie
  • Brasil Escolar

0
0
0
s2sdefault

BRASÍLIA - A bandeira tarifária vai passar de vermelha patamar 1 para amarela neste mês de outubro, com custo de R$ 1,50 para cada 100 quilowatts-hora consumidos. 

Este é um mês de transição entre a estação seca e o começo do período úmido nas principais bacias hidrográficas do Sistema Interligado Nacional (SIN). Por isto, segundo a Agência Nacional de Energia Elétrica, a Aneel, a previsão hidrológica para outubro aponta elevação das vazões afluentes aos principais reservatórios, o que também vai permitir reduzir a oferta de energia suprida pelo parque termelétrico. 

Vale destacar que este sistema de bandeiras tarifárias sinaliza o custo real da energia gerada, o que permite que os consumidores façam o bom uso da energia elétrica. Para ficar mais claro, vamos explicar como funciona estas bandeiras: existem as cores verde, amarela ou vermelha, patamares 1 e 2, que vão indicar se a energia vai custar mais ou menos em função das condições de geração.

Mas, de acordo com o engenheiro eletricista, Alcione Belache, mesmo com a alteração da bandeira, de vermelha patamar 1 para amarela, é preciso usar a energia elétrica de forma mais eficiente e evitar desperdícios.

Segundo Alcione, uma das dicas é, se possível, substituir as lâmpadas, da residência ou da empresa, por lâmpadas led. Elas são muito mais econômicas. Ela pode representar um custo maior no início, mas com o tempo, elas são muito mais econômicas do que qualquer outro tipo de lâmpada. A outra dica é utilizar a luz natural. Sempre que possível, ter janelas amplas ou mesmo telhado transparente, alguma coisa assim, de modo que você consiga evitar acender a luz ao longo do dia.

Outra forma de economizar é com o chuveiro elétrico. O ideal é que a pessoa tome banhos mais curtos, de até cinco minutos, e se der, selecionar a temperatura morna e não a quente. Segundo o engenheiro eletricista, outra preocupação que a gente deve ter é com o ar condicionado.

“Quando usar o ar condicionado, usar coerentemente. Ou seja, não ligar o ar condicionado com janela aberta, enfim, o ambiente deve estar fechado para utilizar o ar condicionado, para ter um melhor rendimento e para que não consuma energia em excesso”, destaca o enegenheiro eletricista.

Bom, além disso, outro eletrodoméstico que é preciso ficar atento é com a geladeira. A dica é só deixar a porta aberta o tempo que for necessário. Ou seja, nada de abrir a porta para pensar, nunca colocar alimentos quentes dentro dela, deixar um espaço para ventilação na parte de trás da geladeira e não utilizá-la para secar panos ou roupas. Outra coisa que a gente deve prestar atenção é com as borrachas de vedação da geladeira, que devem sempre estar em bom estado.

No que se refere ao ferro de passar, é importante também tomar algumas medidas. Uma delas é juntar as roupas para passar de uma só vez, separá-las por tipo e começar por aquelas que exigem menor temperatura, e nunca deixe o ferro ligado enquanto faz outra coisa.

Ah, e se for viajar, ou ficar ausente por um longo período, retire os aparelhos da tomada. Para mais informações, acesse o site aneel.gov.br.

Veja Também

Policial
  • 03 Outubro 2019
  • Por Inácio Roberto

Dupla é presa por tráfico

A Polícia Militar de Cocalinho, prendeu ontem em flagrante, duas pessoa por tráfico de entorpecentes. Após receber denúncia anônima via 190, de que duas pessoas estariam trazendo drogas de...

Meio Ambiente
  • 01 Novembro 2019
  • Por Inácio Roberto

Chuvas de outubro/2019

ATUALIZADA DIA 01 NOV 2019   ÁGUA BOA – As chuvas de outubro foram consideradas boas. Os registros, porém, mostram muita diferença no acumulado das precipitações. Confira. Sebastião Resende na...