• Anuncie
  • Brasil Escolar
0
0
0
s2sdefault

pedrinho ÁGUA BOA – Participa hoje do Repórter Interativo, o empresário Pedro Rezende do setor de transportes. Rezende informa que atualmente, só para atender a demanda da agricultura, são necessárias 159 viagens diárias de carretas para transportar grãos e calcário.

Segundo ele, a estimativa é de que a produção de soja alcance 12.354.000 sacas de 60kg, ou 741 mil toneladas. Outras 500 mil toneladas de milho são esperadas para a safrinha, além de 1 milhão e 200 mil toneladas de calcário para abastecer a pecuária e as lavouras.

Juntos, essa produção de grãos e calcários exigem 58 mil viagens no ano, se o transporte for feito por carretas com capacidade para 42 toneladas. São mais de 100 caminhões das transportadoras que operam no município. O setor do transporte também gera emprego e renda, lembrou Pedro Rezende.

Hoje, os principais fretes para transporte de soja e milho vão para São Simão/GO (1.500km), Uberlândia/MG (1.800km), Chapadão do Sul/MS (1.500km) e Rondonópolis/MT (1.300km). Hoje entra em vigor a nova tabela de frete do governo federal, criticada pelo empresário água-boense.

Daqui a pouco Pedro Rezende concederá entrevista para falar sobre o assunto. Será ás 12hs 30min no REPÓRTER INTERATIVO. Não perca.

Veja Também