Água Boa - MT (99,7 FM)

Interativa Playlist Interativa Playlist
Interativa Playlist

Ouça Agora!

(66) 99652-7007

Querência - MT (97,9 FM)

- Interativa Playlist
-

Ouça Agora!

(66) 98438-0051

Ribeirão Cascalheira - MT (103,1 FM)



Construção civil avança, mas obras exigem atenção com redes de energia

CUIABÁ - O setor de construção civil registrou o melhor nível de atividade e maior número de empregados contratados entre janeiro e abril dos últimos dez anos. O levantamento foi divulgado este mês, pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). Foram entrevistadas 419 empresas, sendo 156 pequeno porte, 175 médio porte e 88 de grande porte, entre e 2 e 10 de maio de 2022. construcao civil

O índice do nível de atividade ficou em 50,1 pontos em abril de 2022. O índice não apresentava valor acima dos 50 pontos para o mês de abril desde 2012, quando registrou 50,6 pontos. Já o índice do número de empregados ficou em 50,7 pontos. O valor é o maior para abril desde 2012, quando registrou 51 pontos.

Mas, se há mais obras e mais pessoas empregadas, existem também uma preocupação com a segurança e o treinamento desses trabalhadores, principalmente na hora de mexer com redes elétricas ou próximo delas. Segundo a Energisa, o não uso de equipamentos de segurança e a falta de experiência são as principais causas de ferimentos e até mortes no estado.

Serviços como subir em postes, trocar transformadores, fazer instalação de medidores, manobrar equipamentos na rede de energia ou mexer na fiação para afastá-la devem ser realizados somente por equipes da Energisa, que são autorizadas e preparadas para desenvolver o trabalho com segurança.

O coordenador de saúde e segurança da Energisa, Victor Oliveira, explica que é importante que na hora de construir, sejam contratados profissionais capacitados. Ou que as equipes recebam treinamentos. “A rede elétrica requer muita atenção e deve ser manuseada apenas por profissionais que tenham a formação necessária. São vidas colocadas em risco quando não há esse cuidado. E nenhum projeto, nenhuma economia ou obra, vale uma vida”, pontuou.

O coordenador de saúde e segurança afirma ainda que se tratando do assunto segurança no trabalho, todo cuidado é pouco. É primordial que os trabalhadores estejam atentos aos cuidados para que se garanta a segurança de todos. Confira algumas orientações de segurança:

- Manter distância segura da rede elétrica, principalmente ao movimentar materiais metálicos, como barras de ferro e arames;

- Caso não seja possível o distanciamento, é preciso solicitar a proteção das partes energizadas da rede com risco de contato acidental;

- Evitar o uso de extensores nos cabos ao fazer a pintura de fachadas, pois eles poderão se aproximar ou tocar na rede elétrica;

- Planejar como os andaimes serão colocados, com sinalização correta quando estiver próxima à rede de energia;

- Ter cuidado ao manobrar caminhões para que não encostem ou danifiquem a rede elétrica;

- Nunca basculhar caminhões caçamba debaixo da rede elétrica;

- No momento de instalar ou consertar antenas, escolher um lugar afastado dos fios, observar quando o tempo estiver bom, sem chuva. Caso a antena caia na fiação, nunca segurar ou tentar recuperar.  

- Consultar sempre um profissional capacitado para este tipo de serviço ou a sua distribuidora.

Sempre que houver dúvidas ou necessidade de uma prestação de serviço da Energisa, o cliente deve entre em contato pelos canais de comunicação:

  • Aplicativo Energisa On (disponível para iOS e Android)   (Ascom)

Veja mais notícias: