Ao Vivo Água Boa - MT (99,7 FM)

- Programa: Interativa Playlist
Locutor: -

Ouça Agora!

(66) 99652-7007

Ao Vivo Querência - MT (97,9 FM)

Nenhum Programa está ao vivo agora

Escola Técnica pode ser concluída no 2º semestre

Atualizada 30 de março

ÁGUA BOA – O Governo de Mato Grosso quer inaugurar no segundo semestre desse ano, a Escola Técnica Estadual (ETE).

O investimento é superior a 12 R$ milhões, a ETE terá mais de 5.500 metros quadrados e poderá atender mais de 1.400 alunos em cursos técnicos.

O mesmo espaço também abrigará uma unidade da Escola Militar Tiradentes, que igualmente tem previsão para entrar em funcionamento no segundo semestre.

A escola terá 12 salas de aula, 11 laboratórios, biblioteca, refeitório, ginásio coberto para esportes, além de um laboratório especial, um auditório com capacidade para 150 pessoas e um teatro de arena.

Os cursos ofertados na ETE terão por finalidade preparar o aluno para atuar no mercado de trabalho.



=================================


Atualizada dia 23 set

 

ÁGUA BOA – O secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação, Nilton Borgato, anunciou a destinação de R$ 2,5 milhões para a conclusão das obras da Escola Técnica Estadual (ETE) de Água Boa.

Cerca de 90% da construção já está realizada. Segundo Borgato, a obra erguida no Setor Universitário iniciou em 2010 e foi paralisada algumas vezes. Em setembro de 2016 a empresa Primus Construção foi contratada para dar continuidade aos serviços.

Agora a obra está na fase de acabamento, com entrega prevista para o final do ano. A obra da escola técnica foi iniciada por meio de um convênio assinado com o Governo Federal. Já foram investidos cerca de R$ 10 milhões. No total a obra custará aproximadamente R$12,5 milhões.

A unidade contará com 12 salas de aulas, 11 laboratórios, biblioteca, refeitório, ginásio coberto para esportes, além de um laboratório especial, um auditório com capacidade para 150 pessoas, e um teatro de arena.

O prédio terá 5.577 metros quadrados e atenderá pelo menos 1,4 mil alunos.

 

========================

Atualizada 26 agosto

 

ETE Agua Boa 3ÁGUA BOA - Nossa reportagem fez contato com a Secretaria Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação para saber detalhes sobre a construção da ETE – Escola Técnica Estadual de nossa cidade.

A Assessoria de Imprensa da Secitec enviou informação dizendo que as obras da ETE estão com 80% dos serviços realizados. A previsão é de entrega para dezembro deste ano.

Ao todo a unidade custará cerca de R$ 11 milhões, sendo recursos do Governo Federal e do Governo do Estado, que vai investir R$ 2,5 milhões. Quanto a oferta de cursos profissionalizantes, isso será avaliado após a inauguração da unidade.

Primeiro é formada a equipe da escola e em seguida começa o planejamento dos cursos que serão ofertados. Isso vai depender de uma avaliação prévia das demandas e necessidades da região, do perfil social, disponibilidade de estágios para os alunos, além de critérios técnicos (como por exemplo, disponibilidade de produtos, equipamentos, materiais etc). (Camila Paulino Lacal Rodrigues - Assessora de Imprensa Seciteci/MT)

A obra iniciou em 2.010, mas sofreu paralisação por duas vezes nesse período, até sua retomada definitiva no atual governo.

Fotos Secitec: 

 

================================ 

ATUALIZADA DIA 08/03/2018

 

Secitec rompeu contrato com empreiteira

CUIABÁ – A Secretaria Estadual de Ciência e Tecnologia de Mato Grosso (Secitec) confirmou, na terça-feira (6/03), que foi obrigada a suspender três contratos com a empresa Primus Incorporação e Construção Ltda., de propriedade do empresário Robério Garcia, conhecido por Bérinho. Robério é pai do deputado federal Fabio Garcia (DEM).

A empresa era responsável pela construção de três novas Escolas Técnicas Estaduais (ETE´s) nos municípios de Campo Verde, Primavera do Leste e Água Boa. O titular da pasta, Domingos Sávio, disse que fez várias reuniões, inclusive com a presença do próprio governador Pedro Taques (PSDB), colocando a situação da empresa Primus e que as obras não estavam andando. Segundo Sávio, as obras tocadas pela Primus seriam entregues somente dentro de três anos, fora do prazo.

Domingos Sávio comentou que tomou todas as medidas, notificando o empresário para manter o cronograma das obras, mas isso não teria surtido efeito. Já as outras cinco Escolas Técnicas estão seguindo normalmente o cronograma de obras. Houve interdição de obra com um acidente em que morreu um operário em Água Boa.

O secretário relatou que há um atraso no pagamento para as empresas BK e Strada, mas argumentou que não há prejuízo porque as obras não pararam. A situação provocada pela empresa Primus, de Robério Garcia, pode comprometer a promessa do governador Pedro Taques de entregar as 8 Escolas Técnicas ainda este ano.

Em janeiro desse ano, o secretário visitou o canteiro de obras da Escola Técnica em Água Boa. Na ocasião, ele demonstrou preocupação com o ritmo lento das obras.

Veja mais notícias: