0
0
0
s2sdefault

ÁGUA BOA – Vence nesta terça-feira, o prazo para pagamento do IPVA de veículos com placas finais 4 e 5 com direito a desconto de 5%. Quem pagar o IPVA até 20 de março ganha desconto de 3%.

Depois disso, o recolhimento do imposto sobre propriedade de veículo automotor deve ser feito até o final de março, sem direito a desconto. O parcelamento do IPVA pode ser feito também, desde que a primeira parcela seja paga ainda em março.

Depois do prazo, o pagamento do imposto terá que ser feito com multa. Centenas de veículos de Água Boa tem placas finais 4 e 5 e sze enquadram nesse calendário do IPVA.

O veículo com débito em atraso do IPVA não impede o licenciamento do veículo.

O contribuinte pagar o IPVA via internet ou no caixa eletrônico, conforme serviços disponibilizados pelas instituições financeiras autorizadas.

Nos municípios onde não houver unidade do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT) ou, em havendo, não for a mesma informatizada, o contribuinte poderá procurar a Agência Fazendária do respectivo domicílio tributário, para retirar o documento de arrecadação, correspondente ao veículo identificado pela sua placa, para pagamento do tributo.

O boleto pode ser emitido no site da Secretaria de Fazenda.

O contribuinte poderá, ainda, obter o documento de arrecadação para recolhimento do IPVA/2020 junto às unidades informatizadas do Departamento de Trânsito.

 Veja tabela 2020.

tabelaipva2020

 

Veja abaixo as alíquotas

1% (um por cento) para ônibus, microônibus, caminhão, veículos aéreos e aquáticos utilizados no transporte coletivo de passageiros e de carga, isolada ou conjuntamente; motocicleta, ciclomotor, triciclo, quadriciclo, motoneta com potência de até 180 cilindradas cúbicas; E veículos automotores registrados no Estado, destinados à locação, de propriedade de empresas locadoras, ou cuja posse estas detenham em decorrência de contrato de arrendamento mercantil, previamente assim reconhecidos, nos termos da Portaria n° 164/2018-SEFAZ, de 07/11/2018;

2,5% para motocicleta, ciclomotor, triciclo, quadriciclo, motoneta com potência acima de 180 até 300 cilindradas cúbicas;

3% (três por cento) para motocicleta, ciclomotor, triciclo, quadriciclo, motoneta com potência acima de 300 até 600 cilindradas cúbicas;

3,5% para motocicleta, ciclomotor, triciclo, quadriciclo, motoneta com potência acima de 600 cilindradas cúbicas;

2% para automóvel de passeio, carga ou misto, com potência de até 1.000 cilindradas cúbicas;

2,5% para os utilitários não especificados nos incisos V e VII deste artigo;

3% para veículo terrestre de passeio, carga ou misto, jipe, picape e camioneta com cabine fechada ou dupla, veículo aéreo, veículo aquático e demais veículos não especificados;

3% para veículo terrestre de passeio, carga ou misto, jipe, picape e camioneta com cabine fechada ou dupla, veículo aéreo, veículo aquático e demais veículos não especificados;

4% para veículos de competição. (Fonte: G1-MT / Detran-MT)