Água Boa - MT (99,7 FM)

- Interativa Playlist
-

Ouça Agora!

(66) 99652-7007

Querência - MT (97,9 FM)

- Interativa Playlist
-

Ouça Agora!

(66) 98438-0051

Ribeirão Cascalheira - MT (103,1 FM)

Paulo César Interativa no Sertão
Paulo César

Ouça Agora!

(66) 997237390



MPF solicita que Polícia Federal e Funai investiguem incêndio que atingiu casas em aldeia de Ribeirão Cascalheira

Atualizada - 08/AGO

O Ministério Público Federal (MPF) requisitou à Polícia Federal (PF) e à Fundação Nacional do Índio (Funai) que investiguem as causas do incêndio que atingiu as casas da aldeia Ethenhiritipá, localizada na Terra Indígena Pimentel Barbosa, da etnia Xavante, na manhã de quinta-feira (4).

De acordo com informações iniciais recebidas pelo 1º Ofício da Procuradoria da República em Barra do Garças, todas as 48 casas da aldeia foram incendiadas. Ao saber do ocorrido, o procurador da República Everton Aguiar entrou em contato com a Coordenação Regional da Funai em Ribeirão Cascalheira para que os fatos fossem apurados.

Inicialmente, as informações dão conta de que há indícios de crime, o que coloca em risco a integridade física dos habitantes da aldeia Ethenhiritipá. “Os fatos necessitam de imediata apuração pela Polícia Federal, devendo-se realizar diligência no local com o objetivo de reunir elementos concretos sobre os fatos, colhendo elementos de autoria e materialidade delitivas”, afirmou o procurador da República em Barra do Garças.

Diante dos fatos, o procurador requisitou que a Polícia Federal instaure inquérito policial e realize, de forma imediata, diligências no local dos fatos. Também solicitou que a Funai (CR Ribeirão Cascalheira/MT) adote as providências pertinentes, e encaminhe informações atualizadas ao MPF sobre o caso.

=======================================

whatsapp image 2022 08 05 at 09.57.07RIBEIRÃO CASCALHEIRA - Um incêndio atingiu a aldeia indígena Pimentel Barbosa, nas proximidades do município de Ribeirão Cascalheira, nessa quinta-feira (4).

De acordo com o Corpo de Bombeiros Militar, a equipe foi acionada por volta das 16h, por meio da Brigada Descentralizada Bombeiro Militar do município de Bom Jesus do Araguaia.

Chegando no local, que é de difícil acesso, com o apoio da Polícia Militar, foi confirmado que se tratava de um incêndio nas casas da aldeia. Segundo as informações colhidas pelos bombeiros, a suspeita é de que o incêndio teria começado devido a um conflito entre os indígenas por uma briga territorial.

Por causa do material de construção, o fogo se alastrou rapidamente e consumiu as casas. Quando os militares chegaram no local, o fogo já havia destruído casas dos indígenas e sido extinto.

As chamas não chegaram a atingir a região de mata, não oferecendo mais riscos a natureza, segundo os bombeiros. O conflito também já teria sido controlado.

Veja o vídeo:

Veja mais notícias: