• Anuncie
  • Brasil Escolar

0
0
0
s2sdefault

jaquelineÁGUA BOA - A empresária Jaqueline Mroginski moradora de Água Boa, fará parte de uma missão no Quênia, África pelo projeto Maranatha onde atuará por 10 dias em comunidades extremamente carentes. Jaqueline enfatiza que nesta missão, um dos objetivos seria a construção de um alojamento para 50 meninas.

O projeto tem a missão de capacitar as meninas Maasai e dar-lhes um lugar seguro para escapar da cultura que incentiva casamentos de crianças e mutilação genital feminina. Uma vez que as meninas se mudam, elas basicamente se tornam órfãs, já que suas famílias não querem que elas voltem.

A empresária vem se preparando para a missão investindo em sua saúde, com uma alimentação a base de proteínas, suplementos, vitamina c, exames periódicos e vacinação em dia. ‘’Qualquer missão que formos fazer temos que buscar a direção de Deus, pois ele prepara tudo.

Sei que quando chegar lá terá alguém esperando por mim, Deus preparou isso no momento que colocou o desejo em meu coração de fazer parte do projeto’’.Jaqueline sairá do Brasil dia 26 de novembro com retorno dia 9 de dezembro. Ela pede a quem estiver interessado em ajudar, entre no site do projeto para obter mais informações, https://maranathabrasil.com.br.

Sobre a Maranatha

Maranatha é uma organização de apoio, sem fins lucrativos, que trabalha em conjunto com a Igreja Adventista do Sétimo Dia para fornecer estruturas fortes e próprias para cultos de adoração e educação. Em todo o mundo, existem milhares de congregações orando por uma igreja apropriada para chamar de sua enquanto se reúnem em galpões ou embaixo de árvores.

Crianças estão indo para a escola em prédios arruinados que fazem com que sua qualidade de educação sofra muito com isso. Para preencher essa necessidade urgente, a Maranatha constrói igrejas e escolas, prédios que mais tarde se tornam centros de trabalho social missionário para a comunidade. A história tem mostrado que a construção de igrejas e escolas é um catalisador para o aumento de membros em uma região.

Para ampliar o impacto do trabalho, a Maranatha organiza viagens missionárias de curto prazo. Com duração média em torno de 10 a 14 dias, esses projetos missionários mobilizam voluntários que se dispõem a financiar sua própria viagem e hospedagem para uma experiência marcante na vida. Chegando lá, os voluntários não só trabalham no canteiro de obras, mas também organizam atividades de serviços, tais como clínicas médicas e programas educacionais para crianças. A experiência de missão pode ter um efeito transformador sobre um voluntário. Desde a exposição a uma nova cultura e sociedade até a um crescimento espiritual profundo, as pessoas voltam mudadas e prontas para impactar positivamente suas próprias comunidades em casa.

A cada ano, a Maranatha organiza mais de vinte Projetos de “Grupos Abertos”, que são coordenados pela equipe Maranatha e qualquer pessoa pode participar. Além disso, a Maranatha pode ajudar equipes fechadas a localizar um projeto disponível que se encaixe as necessidades específicas do grupo, esses são chamados de “Projeto em Grupo”.

Desde 1969, a Maranatha já trabalhou em mais de 80 países ao redor do mundo, incluindo a América do Norte. (Ascom)

Veja Também

Policial
  • 01 Novembro 2019
  • Por Inácio Roberto

PM prende 3 por furto de moto e botijão de gás

NOVA NAZARÉ - Uma motocicleta e um botijão de gás de 13kg tinham sido furtados de um pesqueiro no dia 10 de outubro passado. Porém, na data de hoje, o proprietário conseguiu localizar os suspeitos e...