0
0
0
s2sdefault

Brasília – Irrigantes de 23 municípios mato-grossenses vão fazer parte do Polo de Irrigação Sustentável do Sul de Mato Grosso, que foi reconhecido como integrante da iniciativa Polos de Produção Irrigada, do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR). A área abrange 250 mil hectares, com destaque para as culturas de soja, trigo, milho e feijão. A Portaria com a decisão foi publicada na edição desta quinta-feira (30) do Diário Oficial da União.

Estão inseridos no projeto produtores rurais das cidades de Alto Garças, Araguaiana, Barra do Garças, Bom Jesus do Araguaia, Campo Verde, Canarana, Chapada dos Guimarães, Dom Aquino, Gaúcha do Norte, General Carneiro, Guiratinga, Itiquira, Nova Xavantina, Novo São Joaquim, Paranatinga, Pedra Preta, Poxoréu, Primavera do Leste, Querência, Ribeirão Cascalheira, Rondonópolis, Santo Antônio do Leste e Torixoréu.

Polo de Irrigação Sustentável do Sul de Mato Grosso foi instituído em março deste ano, após uma oficina que tratou da definição da área de abrangência e selecionou uma carteira de projetos para o empreendimento conjunto. Os Polos surgem a partir da organização dos próprios irrigantes locais. Os critérios para a escolha das localidades atendidas e a metodologia empregada para o planejamento das ações estão na Portaria n. 1.082/2019, que estabelece diretrizes da iniciativa.

Alguns dos pré-requisitos para a seleção dos Polos são: existência de organização social na área, preferencialmente com associação de irrigantes; região com representatividade na agricultura irrigada, com expressiva produção estadual ou regional; e potencial de aprofundamento tecnológico, de inovação e de expansão.

Em operação

Lançado em abril de 2019, o projeto Polos de Produção Irrigada possui, agora, cinco unidades instaladas no País, com área total de 650 mil hectares: Polo de Produção Irrigada da Bacia do Rio Santa Maria, no Rio Grande do Sul; Polo de Produção Irrigada Sustentável do Vale do Araguaia e o Polo de Produção Irrigada do Planalto Central de Goiás, ambos no estado goiano; Polo de Produção Irrigada do Oeste da Bahia; e o Polo de Irrigação Sustentável do Sul de Mato Grosso. (Ascom)

Veja Também

Economia
  • 19 Maio 2020
  • Por Inácio Roberto

Frigorífico reabre em Nova Xavantina

NOVA XAVANTINA – Desativada desde dezembro do ano passado, quando a empresa Marfrig paralisou as atividades no município, a planta frigorífica de Nova Xavantina voltou a funcionar na última sexta...