Água Boa - MT (99,7 FM)

Interativa Playlist Interativa Playlist
Interativa Playlist

Ouça Agora!

(66) 99652-7007

Querência - MT (97,9 FM)

- Interativa Playlist
-

Ouça Agora!

(66) 98438-0051

Ribeirão Cascalheira - MT (103,1 FM)



Detran-MT alerta sobre situações que impedem o licenciamento do veículo

CUIABÁ - O Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT) alerta aos proprietários de veículos quanto a algumas situações que impedem seu Licenciamento. Restrições de ordem administrativa ou jurídica como alerta de roubo, bloqueio determinado pela Justiça, pendência na comunicação de venda e inclusão de gravame pendente em caso de veículos financiados são algumas situações.

Outro fator que causa impedimento para licenciar ou transferir a propriedade é quando o veículo tem informativo de Recall ativo e não tenha realizado dentro de 1 ano a substituição da peça ou a manutenção indicada pela fabricante.  

De acordo com as mudanças trazidas pela Lei Federal 14.071/2020, em abril de 2021, os motoristas que não comparecerem aos Recalls no período de um ano, não estarão liberados para realizar o licenciamento do veículo.

Os efeitos do bloqueio do veículo para licenciamento e transferência estão valendo desde janeiro deste ano. “Muitos proprietários de veículos estão descobrindo a necessidade do Recall no momento da transferência”, observou o diretor de Veículos do Detran-MT, Dauson Silva.

Além dessas situações, os proprietários de veículos também devem efetuar o pagamento de todos os tributos e débitos pendentes como IPVA, taxa de licenciamento e multas de trânsito para conseguir licenciar o veículo e transitar de forma regular.

O diretor reforça que o veículo só estará licenciado após o pagamento de todos os débitos e regularização das pendências administrativas ou jurídica, “além da realização do recall nos casos dos veículos com esse aviso no sistema”, destacou Dauson.

Caso o condutor seja flagrado em uma abordagem de fiscalização de trânsito circulando sem o licenciamento do ano corrente, o automóvel será apreendido e removido, além da penalidade de multa de R$ 293,47. (AScom)

Veja mais notícias: