0
0
0
s2sdefault

Imagem ilustrativaQUERÊNCIA – Equipes de fiscalização aplicaram R$ 4,2 milhões em multas por crimes de desmatamento ilegal e uso irregular do fogo em Querência. Fiscais da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT), Instituto de Defesa Agropecuária (Indea), policias do Batalhão de Operações Especiais (Bope), e bombeiros militares encontraram os crimes ambientais em seis pontos fiscalizados em região de bioma amazônico, totalizando uma área embargada de quase 700 hectares. Dentre os pontos em que foram constatados os crimes ambientais, três infrações ocorreram dentro do projeto de assentamento Pingo D’Água. A ação das equipes evitou a continuidade de desmatamento ilegal e queima de material lenhoso. Em alguns pontos, as leiras já estavam em formação para posterior uso irregular do fogo.

Veja Também