0
0
0
s2sdefault

IMG 20200725 142456493ÁGUA BOA – Nossa reportagem recebeu denúncia hoje de proprietários rurais sobre um possível crime ambiental.

A denúncia diz respeito ao despejo de dejetos em uma grota que desemboca no Córrego Água Suja, nos fundos da Penitenciária Regional Major Zuzi.

Segundo os proprietários rurais, enormes quantidades de sabão e outros produtos químicos estão contaminando o córrego. O produto estaria sendo despejado pela Penitenciária Regional.

Os produtores disseram que o produto exala mau cheiro e está deixando as margens do riachinho esbranquiçadas. Além disso, no ponto onde os produtos entram no Córrego Agua Suja, não há mais sinal de peixes e de vida aquática.

A grota desemboca no Água Suja a cerca de 200 metros da penitenciária. O perigo será maior quando as chuvas retornarem. A enxurrada então vai arrastar todos os produtos químicos direto para o córrego.

Segundo os proprietários rurais, o córrego Águia Suja nesse momento tem o fluxo de água interrompido em função da estiagem. Por isso, os primeiros peixes só aparecem 600 metros abaixo do ponto onde recebe os produtos químicos.

Os produtores esperam atitudes por parte da Vigilância Sanitária e Ambiental, da Sema e do Ministério Público Estadual.

 

Veja Também