Água Boa - MT,

Pragas atacam pastagens já afetadas pela falta de chuvas

ÁGUSA BOA – Pecuaristas estão reclamando do ataque de lagartas nas pastagens. A pecuária já sofria com o atraso das chuvas, o que causou também atraso na brotação das pastagens. boiada 2

Porém, quando as chuvas começaram a se intensificar em dezembro, causaram aumento nas lagartas das pastagens. O fato foi registrado em muitas localidades no interior e na região.

A cigarrinha promoveu grandes problemas. Por falta de chuva, o capim acabou morrendo devido ao prolongado efeito da estiagem. Com isso, os prejuízos aos pecuaristas aumentaram.

As lagartas são consideradas pragas ocasionais em pastagens, podendo ocorrer em níveis populacionais elevados. São duas as principais espécies de lagartas que atacam as pastagens: Spodoptera frugiperda e Mocis latipes. Ambas são capazes de desfolhar totalmente extensas áreas de pastagens.

Recomenda-se que medidas sejam adotadas tão logo se constate os focos iniciais, considerando que estas lagartas, quando em altas populações, podem consumir totalmente a forragem disponível.

O ataque destes insetos se inicia em reboleiras, assim sendo, o controle de focos iniciais apresenta a vantagem de que o tratamento se dará em áreas relativamente pequenas.

Confira Mais Notícias