Água Boa - MT,

Balsa deixa caminhoneiros parados

SÃO JOSÉ DO XINGU – Há quase duas semanas municípios do Baixo Araguaia estão sendo afetados pelo bloqueio das balsas que ligam as cidades ao Norte do Estado, através do rio Xingu. A interrupção está sendo coordenada por índios da região em protesto contra a construção da hidrelétrica de Belo Monte, no Pará. O rio Xingu, que tem cerca de 1870 km de extensão, nasce em Mato Grosso, segue pelo estado do Pará e deságua próximo à foz do rio Amazonas. A travessia é importante para os municípios do Araguaia porque é o meio de escoar o rebanho bovino para a região Norte, onde estão localizados os frigoríficos. Além disso, muitas cidades já sofrem com a falta de abastecimento de mercadorias nos armazéns. O prefeito de São José do Xingu, Gilberto Mendes, disse que a situação é crítica. Cerca de 150 caminhões gaioleiros passam pela balsa por semana. Com o bloqueio da balsa pelos índios, os caminhoneiros estão revoltados, pois o trajeto para o transporte do Araguaia ao nortão aumentam consideravelmente.

Confira Mais Notícias