Água Boa - MT,
Energisa vai investir R$ 1,2 bilhão no Mato Grosso em 2024

Energisa vai investir R$ 1,2 bilhão no Mato Grosso em 2024

CUIABÁ - 

A Energisa Mato Grosso realizará investimentos de R$ 1,2 bilhão este ano na área de concessão da distribuidora. O aporte é recorde desde a chegada da Energisa no estado, em 2014. Quase metade desse montante será aplicado na expansão das redes e das subestações para suportar o crescimento do mercado, bem como na melhoria do desempenho do sistema elétrico urbano e rural. Destaque para a construção de sete novas subestações que serão incorporadas ao sistema elétrico da empresa e para ampliação de capacidade de outras 24 subestações. Este crescimento permitirá atender a demanda de empresas do agronegócio e impulsionará o desenvolvimento econômico e social do estado. 

Entre construção e ampliação, os investimentos em infraestrutura elétrica possibilitarão um crescimento da ordem de 25% da demanda de energia do estado. “O cliente está sempre no centro das nossas decisões e a definição dos investimentos da Energisa Mato Grosso segue essa linha. Estamos empenhados em aprimorar cada vez mais o nosso sistema e estamos investindo para atender a demanda sempre crescente de um estado que é um dos responsáveis por impulsionar o PIB do Brasil. Trabalharemos e investiremos ainda mais para aprimorar o nosso desempenho, entregando um serviço confiável e eficiente para os nossos clientes”, diz o diretor-presidente da Energisa, Gabriel Alves. 

Atualmente, a Energisa Mato Grosso atende a aproximadamente 1,65 milhões de clientes, divididos em 141 municípios e emprega mais de 2.700 colaboradores próprias, com a expectativa de ampliação desse quadro e o de terceiros. A estimativa é de que, até o fim do ano, mais de 600 novos colaboradores sejam formados e estejam aptos para trabalharem nas equipes de campo, com foco na manutenção das redes elétricas. Prevenindo grandes impactos no sistema, como o caso da vegetação na rede.

Ao todo, o Grupo Energisa, uma das maiores empresa privadas de capital 100% nacional do setor elétrico brasileiro, prevê investimentos de R$ 6 bilhões para este ano, em linha com o montante realizado em 2023, que foi o maior da história da companhia. O segmento de Distribuição de energia elétrica, principal negócio do Grupo, será contemplado com a maior parte dos aportes, cerca de R$ 4,9 bilhões, o que representa 80% do CAPEX total previsto para o período. A (re)energisa, braço de geração, comercialização e serviços de valor agregado da empresa que atua em território nacional, tem investimentos previstos de R$ 430 milhões.  

Ações de redução de perdas 

As ações de redução de perdas continuam sendo uma das prioridades no estado. Este ano, a empresa aplicará R$ 94 milhões nessa frente. O famoso ‘gato’, além de crime, gera prejuízos a toda a sociedade. Os furtos oneram a população, prejudicam o fornecimento e a receita da empresa, comprometendo os investimentos na melhoria dos serviços. 

Responsabilidade social 

A Energisa patrocina e apoia diversas iniciativas socioculturais e ambientais nos territórios onde está presente, com o objetivo de valorizar e fomentar a cultura e a identidade regional. 
  

Em Mato Grosso serão investidos mais de R$ 600 mil em projetos, além dos outros R$ 1,2 bilhão anunciados. Podemos citar, por exemplo, o Projeto Flor Ribeirinha, Instituto Ciranda e Projeto Verde Novo. 

 

Sobre a Energisa 

Com quase 119 anos de história, a Energisa é um dos maiores grupos privados com capital nacional do setor elétrico brasileiro. Somos um ecossistema de produtos e serviços voltado para protagonizar a transformação energética, conectando pessoas e empresas à melhor solução de energia e construindo um mundo mais sustentável. 

Nosso portfólio abrange 9 distribuidoras de energia elétrica, 12 concessões de transmissão, uma central de geração fotovoltaica centralizada, uma marca inovadora de soluções energéticas – a (re)energisa –, que conta com um dos maiores parques de geração distribuída fotovoltaica do país, além de comercialização de energia no mercado livre e serviços de valor agregado. Contamos também com uma central de serviços compartilhados, uma empresa de contact center para atender nossos clientes e a fintech Voltz, a primeira no segmento de empresas de serviço público de energia. Recentemente, diversificamos nosso portfólio com a inclusão da distribuição de gás natural, através da aquisição da ES Gás e um projeto, em construção, para geração de biometano a partir de resíduos sólidos. 

Transformamos energia em conforto e desenvolvimento para mais de 20 milhões de pessoas em 875 municípios de todas as regiões do país e geramos mais de 20 mil empregos, diretos e indiretos. 

(Ascom)

Confira Mais Notícias