Água Boa - MT,

Estado não garante saúde - Justiça intervém

ÁGUA BOA – Adriana Cardoso de Andrade, 41 anos, foi transferida por voltas das 3hs da madrugada de hoje, via UTI aérea, para uma UTI na capital. Adriana estava internada desde sábado no Hospital Regional Paulo Alemão, com ferimentos graves, depois que caiu de um veículo em movimento. Salete Lauermann, administradora do Hospital, afirmou que Adriana tem traumatismo craniano e outros ferimentos, e necessitava de atendimento em uma UTI. Salete disse que a Central de Regulação do SUS em Cuiabá não dava autorização de transferência para uma UTI, mesmo com o quadro clínico grave da paciente. Somente depois que o assunto foi parar na justiça, um magistrado da comarca deu ordem judicial para internação imediata em UTI. Mais uma vez, somente com intervenção da justiça da comarca, pessoas doentes conseguem transferência para UTI. Nesse ano, já foram necessárias várias decisões judiciais para garantir vaga em unidades de tratamento especializado. Mostra o quanto o Estado deixou de investir em leitos hospitalares, causando estrangulamento do SUS.

Confira Mais Notícias