Água Boa - MT,
Operação Sodoma: ordem de execução saiu de dentro do presídio - veja vídeo

Operação Sodoma: ordem de execução saiu de dentro do presídio - veja vídeo



Atualizada 24 Abril 24

ÁGUA BOA
- Participa das Notícias Interativa o delegado de polícia Dr. Matheus Soares Augusto.

O delegado apresenta informações sobre a conclusão de um inquérito policial que investiga o assassinato de Allan Dai, crime ocorrido em fevereiro em Nova Nazaré.

Segundo Dr. Matheus, a ordem de execução partiu de dentro do Presídio Mata Grande em Rondonópolis.

Dos 7 indiciados, 4 são mulheres.

Veja vídeo:


===================================================

Operação Sodoma: PJC indicia 7 por tortura, morte, ocultação e vilipêndio de cadáver, e organização criminosa


Atualizada dia 24 abr 24 

ÁGUA BOA - A Polícia Civil do Município de Água Boa finalizou as investigações relacionadas à execução do Jovem Sergipano executado na cidade de Nova Nazaré por membros de uma organização criminosa.

Allan Davi, que tinha 18 nos, prestava serviços em uma empresa de manutenção asfáltica no município de Nova Nazaré, de onde desapareceu no dia 7 de fevereiro. As investigações apontaram que ele foi executado e teve o corpo ocultado por membros de um grupo criminoso.

Os investigadores descobriram que a ordem final para execução da vítima partiu de dentro da Penitenciária Major Eldo Sá Corrêa (Mata Grande) local onde uma liderança da facção está detido. A Polícia conseguiu demonstrar que este criminoso possuía acesso a um aparelho celular e mesmo estando preso foi o responsável por dar o decreto final e determinar a morte da vítima.

No dia 23 de abril uma equipe de Polícia Civil de Rondonópolis realizou o cumprimento de buscas na cela do investigado. 

Ao todo 7 pessoas vão responder pela participação no crime tendo sido indiciadas por Homicídio Qualificado, Tortura, Cárcere Privado, Integrar Organização Criminosa, Porte Ilegal de Arma de Fogo, Tráfico de Drogas, Ocultação de Cadáver e Vilipêndio de Cadáver.

DETALHES DAQUI A POUCO....
================
Atualizada dia 12 mar 24 

pjc mtRONDONÓPOLIS – Presa à noite passada em Rondonópolis, uma moça apontada pela Polícia Civil, como participante do crime de homicídio e ocultação de cadáver ocorrido em Nova Nazaré.

No dia 7 de fevereiro, Allan Davi Andrade Sousa desapareceu em Nova Nazaré. Após intensas investigações, no dia 20 de fevereiro, a polícia civil descobriu o paradeiro do cadáver, bem como prendeu 5 suspeitos de envolvimento no crime.

Porém, uma sexta pessoa estava sendo procurada. A moça foi presa ontem em Rondonópolis. Alguns dos criminosos confessaram o crime e afirmaram que vítima foi enforcada com um lençol para não deixar vestígios de sangue na residência.

Após isso, eles receberam apoio de outro faccionado para enterrar o corpo na zona rural do município. O cadáver tinha sido enterrado próximo ao rio das mortes.

Detalhes do crime abaixo


=================

Atualizada 21 Fev 2024 - Delegado Dr. Matheus detalha Operação Sodoma - veja vídeo

ÁGUA BOA – Participa das Notícias Interativa, o delegado de polícia.

Dr. Matheus Soares Augusto apresenta informações sobre a Operação Sodoma, que elucidou um crime de homicídio, ocultação de cadáver e associação criminosa.

Alguns suspeitos presos confessaram os crimes, e já tem antecedentes. Outros são primários e não confessaram.

O delegado representou pela prisão preventiva de todos os envolvidos.
Veja detalhes:


=========================================

PJC deflagra Operação Sodoma contra facção por homicídio e ocultação de cadáver

ÁGUA BOA - A Polícia Civil de Água Boa sob a coordenação do Delegado Matheus Soares Augusto deflagrou a operação Sodoma que teve como objetivo a prisão de envolvidos na execução da vítima Allan Davi Andrade Sousa.

Allan é oriundo do Estado de Sergipe e veio para o Mato Grosso há poucos meses juntamente com seu pai para prestar serviços em uma empresa de manutenção asfáltica no município de Nova Nazaré, no dia 07 de fevereiro o rapaz desapareceu e a partir daí, se iniciaram as buscas pelo seu paradeiro.

A Polícia Civil ao ser acionada iniciou as investigações e apurou que na verdade o jovem tinha sido executado a sangue frio por membros de uma facção criminosa, a motivação seria o provável envolvimento da vítima com uma facção rival e também o fato dele ter se envolvido com uma garota que seria mulher de um criminoso.

Após incansáveis diligências investigavas no dia 20 de fevereiro a Polícia Civil deflagrou a Operação Sodoma que culminou com a prisão de 5 envolvidos no crime e localização do corpo da vítima que havia sido ocultado, além de uma arma usada no crime.

Durante a operação foram apreendidas ainda drogas e dinheiro relacionado ao tráfico.

Alguns dos criminosos confessaram o crime e afirmaram que vítima foi enforcada com um lençol para não deixar vestígios de sangue na residência e que após receberam apoio de outro faccionado para enterrar o corpo na zona rural do município.

A Polícia ainda descobriu que uma outra vítima também foi mantida em cativeiro junto com Allan antes da morte porém essa vítima foi liberada, pois segundo os criminoso ela não tinha nenhum envolvimento com a outra facção. Por medo do crime organizado essa vítima permaneceu em silencio durante toda investigação, tendo sido descoberta somente no dia da operação Sodoma.

O delegado do caso, Dr. Matheus, destaca que o crime foi repleto de crueldade e a morte da vítima teve motivação banal, ressalta ainda o sucesso da operação que culminou com a prisão dos suspeitos, resolução do crime e localização do corpo da vítima.

Os investigados serão indiciados por Homicídio Qualificado, Porte Ilegal de Arma de Fogo e Ocultação de Cadáver. (Ascom)

Confira Mais Notícias