Água Boa - MT,
Operação Dólos: Dr. Valmon relata detalhes - veja vídeo

Operação Dólos: Dr. Valmon relata detalhes - veja vídeo

Atualizada 13 junho 24

ÁGUA BOA - Participa das Notícias Interativa, o delegado regional de polícia.

Dr. Valmon Pereira da Silva informa que vários delegados de polícia de várias regionais participam hoje da operação em Água Boa.

"O ataque ao Estado exigiu uma resposta à altura", salientou ele.

O furto de armas no Fórum da comarca segue sob investigação.

Veja vídeo:


=====================================================================

Operação Dólos: suspeito morre em confronto com PJC - veja vídeo

Atualizada 13 junho 24

ÁGUA BOA - O Delegado Dr. Matheus Soares Augusto confirmou a morte de um suspeito na Operação Dólos.

Segundo o delegado, o suspeito foi abordado e reagiu. Um dos agentes da PJC disparou contra o suspeito.

A Operação procura descobrir todos os detalhes que levaram um servidor do Fórum a furtar armas do Almoxarifado, revendendo-as em seguida.


Veja vídeo:



==============================================================

Polícia Civil cumpre 35 ordens judiciais em operação para apurar furto de armas de fogo no Fórum de Água Boa

ÁGUA BOA - A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Água Boa, deflagrou na manhã desta quinta-feira (13.06), a Operação Dólos, para cumprimento de 35 ordens judiciais, que integram o trabalho de investigação do furto de dezenas de armas de fogo de dentro do almoxarifado do Fórum do município.

Na operação são cumpridos 32 mandados de busca e apreensão e um de prisão na cidade de Água Boa e dois mandados de busca e apreensão na cidade de Mauá (SP). A operação conta com a participação de mais de 100 policiais civis do estado de Mato Grosso e com apoio do Centro Integrado de Operações Aéreas (CIOPaer) e da Polícia Civil do estado de São Paulo.

As investigações conduzidas pelo delegado de Água Boa, Matheus Soares Augusto, apontam que um prestador de serviço do Fórum, que tinha acesso à sala de armas e de objetos apreendidos, subtraiu diversas armas de fogo que ficavam guardadas no local e as revendeu para criminosos e outras pessoas da cidade.

Ainda não foi possível confirmar o número de armas subtraídas, mas a estimativa é que sejam mais de 30. As ordens de busca e apreensão tem como foco a localização das armas, assim como angariar outros elementos que possam auxiliar no avanço das investigações e na identificação das pessoas envolvidas no comércio do armamento.

“Com o cumprimento dos mandados esperamos apreender o maior número de armas possível, colher novos elementos que ajudem a esclarecer os fatos, e identificar outras possíveis pessoas envolvidas no crime”, disse o delegado.

Dólos

O nome faz referência ao ardil, a fraude, o engano, a astúcia, as malícias, as artimanhas utilizadas pelos criminosos para subtração das armas de fogo.

Confira Mais Notícias