Água Boa - MT,

Operação da PJC em Querência Impede Tortura Durante "Tribunal do Crime"

QUERÊNCIA - Nesta segunda-feira, 08/07/2024, policiais civis de Querência agiram rapidamente após receberem informações sobre uma situação tortura em uma boate no Setor “F” da cidade. Segundo relatos, uma mulher de 29 anos estava sendo brutalmente torturada por três indivíduos em um suposto "tribunal do crime".

Ao chegar ao estabelecimento, os policiais ouviram os clamores por socorro vindo de dentro e, sem hesitação, entraram no local, encontrando a vítima gravemente ferida e lutando pela vida. Após arrombarem uma porta nos fundos do estabelecimento, os policiais flagraram três agressores no ato de tentar amarrar a vítima. Todos os envolvidos foram detidos imediatamente, incluindo uma adolescente apreendida no local.

Entre os presos está a proprietária do estabelecimento, uma idosa de 70 anos, que é suspeita de consentir com as agressões. Segundo informações adicionais, dois dos agressores já tinham histórico criminal, estando em liberdade condicional após cumprir pena no presídio Major Zuzi de Água Boa.

Confira Mais Notícias