Ao Vivo Água Boa - MT (99,7 FM)

Interativa Playlist Programa: Interativa Playlist
Locutor: Interativa Playlist

Ouça Agora!

(66) 99652-7007

Ao Vivo Querência - MT (97,9 FM)

- Programa: Interativa Playlist
Locutor: -

Ouça Agora!

(66) 98438-0051

ATUALIZADA: Mulher que foi torturada e teve partes íntimas feridas por lâmina pelo seu convivente, não quis representar - veja vídeo

FOTO ILUSTRATIVAÁGUA BOA - Uma mulher de 31 anos afirma que foi mantida em cárcere privado, foi torturada, agredida, perseguida e teve as partes íntimas feridas por uma lâmina, pelo seu convivente, um homem de 36 anos.

O crime teria acontecido na residência onde eles conviviam no Araguaia Parque. Fato que chama atenção, é que mesmo tamanha violência declarada pela vítima, ela não quis representar contra o suspeito, e os policiais tiveram que insistir para que ela procura-se assistência médica.

Segundo a Polícia Militar, uma ligação informava que uma mulher estaria em prantos e bastante machucada, na Rua 9, Setor LC.

Ela estaria pedindo socorro. Ao chegar no local, a PM encontrou a vítima em estado de choque e ela afirmou que estava em poder do suspeito desde terça-feira (21).

Ela disse que ele estava mantendo ela em cárcere privado por motivos de ciúmes. Ele a mantinha na casa onde os dois moram.

O suspeito estava de posse de uma lâmina de barbear (tipo gilete) e tentou por várias vezes cortar o rosto da vítima, onde em tentativa de defesa, ela colocou o braço para proteger o rosto. Devido a isso, seu braço ficou bastante ferido.

Ela ainda relata que sofreu tortura durante toda noite e chegou a desmaiar algumas vezes. O suspeito ainda, segundo relato da vítima, teria inserido uma lâmina de barbear em suas partes íntimas.

Ele também cortou sua boca e língua utilizando a lâmina. Ontem, quarta-feira (22), em momento de desatenção e descuido do suspeito, a vítima conseguiu fugir da casa, na tentativa de buscar ajuda, mas, o suspeito saiu a sua procura e a encontrou logo em seguida.

A vítima fora obrigada a subir em uma moto e o suspeito dizia a todo instante que iria levar até um lote ‘baldio’ e iria matá-la.

Quando estavam passando pela Rua 9 no Setor LC, a vítima aproveitou que estava perto de uma obra, onde ali trabalhavam algumas pessoas, ela saltou da moto em movimento para se livrar do agressor.

Neste momento ela conseguiu pedir ajuda. No local a PM até tentou oferecer apoio para levar a vítima ao hospital, mas ela se recusou.

Os policiais foram até o bairro Araguaia Parque, onde teriam ocorrido as agressões, tentando localizar o suspeito, porém sem sucesso. Informações foram repassadas de que o suspeito trabalha em uma obra. A PM também foi até o local, mas não o encontrou.

A Polícia Judiciária Civil, agora inicia as ações de investigação na tentativa de esclarecer os fatos e buscar o suspeito.

Veja vídeo

Veja mais notícias: