0
0
0
s2sdefault

dr eugenio asfalto 1CONFRESA - O vice-governador Otaviano Pivetta e o deputado estadual Doutor Eugênio Paiva (PSB) visitaram a região de Norte Araguaia para tratar com prefeitos e produtores rurais sobre como serão feitas as ações para pavimentação da rodovia MT-109, conhecida como "Estrada do Guardanapo". Eles estavam acompanhado de técnicos e fizeram a vistoria na sexta-feira, dia 19, com atenção ao cumprimento das regras de segurança para o covid-19.

A rodovia liga originalmente a cidade de Canabrava do Norte ao distrito de Espigão do Leste, em São Félix do Araguaia, e beneficia também o distrito de Primavera do Fontoura e outras localidades da região. A rodovia é a principal via de acesso da margem oeste da BR-158 (liga Mato Grosso ao Pará). Os prefeitos de São Félix do Araguaia, Canabrava do Norte e Porto Alegre do Norte foram avisados da vistoria e deram suporte durante a visita.

A proposta de Parceria de Cooperação entre a Secretaria de Infraestrutura e Logística (Sinfra) e os municípios envolve a extensão de 68,96 Km, no trecho do entroncamento da MT-322/BR-080 ao entroncamento da MT-412, em Canabrava do Norte. O valor total do projeto está estimado em R$ 62,198 milhões. Entre outras obrigações das prefeituras de São Félix e Canabrava do Nortes estão: licenciamento e autorização de operação de jazidas, terraplenagem, sinalização, recuperação ambiental e obras complementares.

Pivetta disse que é inaceitável que a maior região produtora de grãos do Norte Araguaia ainda esteja sem asfalto. O vice-governador relatou a necessidade da conclusão da obra na região de quase 500 mil hectares de lavoura, além de milhares de cabeças de gado de corte e leite. Ele disse que o Estado vai sim fazer tudo o que é possível e de obrigação para a conclusão da obra.

O vice-governador reforçou que o atual Governo de Mato Grosso fará o necessário para iniciar a pavimentação ainda este ano para que em breve a obra esteja pronta. “Asfalto é desenvolvimento e progresso, além disso, existem muitos pontos críticos na estrada que já causaram além de prejuízos perdas de vida”, afirmou o vice-governador.

Integração da região

O deputado Doutor Eugênio reforçou o compromisso do vice-governador Pivetta, ao lembrar que a estrada é a principal demanda de infraestrutura do Estado em toda a região Norte Araguaia, pois atende diretamente aos municípios de São Félix do Araguaia e Canabrava do Norte e indiretamente as cidades de Querência, São José do Xingu, Porto Alegre do Norte e Confresa. “Com esta parceria, agora é agir, concluir. Precisamos fazer a nossa parte acontecer”, disse o deputado, que representa a região Araguaia.dr eugenio asfalto

Para a prefeita de São Félix do Araguaia, Janalza Taveira, a proposta apresentada pelo Governo do Estado para a parceria é direta e objetiva. “Estou otimista, pois cada parte terá que dar sua contrapartida, e o que depender de nós será feito, porque para nós a rodovia será de suma importância para atender a nossa população. Além de se tornar a primeira obra a ser pavimentada em nosso município”, disse a gestora.

O prefeito de Canabrava do Norte, João Cleiton de Medeiros, tem acompanhado a situação da estrada desde criança. Ele lembrou: “Pela primeira vez senti que o nosso sonho está próximo de se realizar. Já tive essa impressão, na nossa reunião no Palácio Paiaguás, com o vice-governador Otaviano Pivetta, no dia 12 junho, junto com o empresário rural Édio Brunetta, e os prefeitos Daniel e Janailza, e o deputado Doutor Eugênio e o secretário da Sinfra, Marcelo Oliveira.

Demanda de recursos

João Cleiton lembrou que para essa parceria dá certo, os produtores rurais terão que efetivamente ajudar as prefeituras de Canabrava do Norte e São Félix do Araguaia, pois a parte que cabe a esses dois municípios está orçada em R$ 7,737 milhões de reais, afirmou o prefeito.

Daniel do Lago, prefeito de Porto Alegre do Norte, disse que para a obra acontecer cada parte terá que cumprir sua meta, mas que a fórmula apresentada pelo vice-governador é a melhor proposta para a obra acontecer com rapidez. "Se todos nós colocarmos em prática o que é nosso dever, este ano dá para avançar e começar a obra. Enfim, o que posso dizer é que o Pivetta é um cara incisivo e firme, portanto, neste caso, não existe rodeios e a coisa é franca e objetiva", disse Daniel.

De acordo com as autoridades e outros parceiros presentes, ficou acordado que haverá uma parceria entre o Estado de Mato Grosso, as prefeituras e os produtores rurais.

Caberá aos municípios e produtores no primeiro momento fazerem a limpeza do trecho, ajustar as cercas existentes na largura ideal, depois disso será feito a parte da execução da terraplanagem e a pavimentação ficaria por conta do Governo de Mato Grosso. Após esta etapa, novamente os municípios e os produtores irão fazer a parte final estrutural, que é as ações para evitar erosão, como, por exemplo, o plantio de gramíneas às margens da rodovia.

Outro detalhe tratado à parte é a ponte sobre o Fonte do Rio Fontoura, que deve ser feita através de outro projeto de financiamento, já que a mesma é de extrema necessidade e não pode aguardar as etapas de construção da rodovia. Durante a visita, o vice-governador Otaviano Pivetta percorreu o trecho da comunidade de Espigão do Leste até o município de Canabrava do Norte de carro, onde acompanhou in loco o movimento da rodovia. (Ascom)

Veja Também