Água Boa - MT (99,7 FM)

Interativa Playlist Interativa Playlist
Interativa Playlist

Ouça Agora!

(66) 99652-7007

Querência - MT (97,9 FM)

- Interativa Playlist
-

Ouça Agora!

(66) 98438-0051

Ribeirão Cascalheira - MT (103,1 FM)



O Araguaia naufraga politicamente

Estamos vivendo época crucial para a história do Araguaia. O surgimento do Movimento Mais Araguaia é na verdade o embrião de grandes programas e busca de projetos de desenvolvimento que são comuns aos municípios da região. Vale lembrar que nenhum município é uma ilha, e que a saída é o crescimento em conjunto.

Mas o que se vê em ano pré-eleitoral é uma clara afronta ao povo do Araguaia. A grande massa da população vota em nossos líderes políticos, esperando que eles tomem as decisões e promovam as ações necessárias para o desenvolvimento.
Porém, infelizmente, algumas das nossas lideranças já estão se comprometendo com pessoas totalmente estranhas ao Araguaia. Líderes pára-quedistas que apenas buscam nosso voto, para depois esquecer das nossas reivindicações e problemas.

E para piorar, algumas das nossas lideranças estão sonhando em voar alto sem consultar as bases. Sem saber se os anseios do povo combinam com o que ‘alguns’ pensam. Para exemplificar, temos o seguinte: várias lideranças da região já despontam nos bastidores, como candidatos a deputado estadual: Manoel José da Silva o ‘Branquinho’ de Nova Xavantina, Selso Lopes de Carvalho de Água Boa, Neldo Weirich de Canarana, Fernando Goergen de Querência, sem falar que no Norte Araguaia, existem pelo menos mais 3 pessoas que sonham em ser deputado estadual.

Não queremos questionar aqui, nenhum desses nomes propostos, pois a meu ver, todos teriam plenas condições de nos representar.
A pergunta que precisamos fazer é: haverá votos para todos esses candidatos? Se os moradores do Araguaia votassem apenas em candidatos da nossa região, mediante 7 ou 8 candidaturas, ainda poderíamos, quem sabe, conseguir eleger pelo menos um deputado. Votos para isso teríamos, em tese.

Porém, algumas lideranças continuam insistindo em apoiar candidatos de fora, que depois viram as costas para o Araguaia. Daí é lógico pensar que cerca de 40% dos votos vão migrar para fora, junto com os votos em branco e os nulos.

Diante desse quadro, os 7 ou 8 candidatos que se levantam vão dividir o bolo restante, de cerca de 60% de sufrágios. Vão querer se eleger com quais votos? É isso que essas lideranças não estão enxergando...

O povo deveria ser consultado previamente e entre os 7 ou 8 candidatos que se apresentam, sairiam no máximo 3 candidatos para deputado estadual. Então sim, estaríamos planejando um Araguaia politicamente forte com candidatos beirando os 30 mil votos. Elegeríamos certamente 2 ou 3 deputados estaduais. Teríamos vez e voz junto às esferas estaduais. Em cada município, os prefeitos e todos os vereadores (todos mesmo) deveriam abraçar só as candidaturas da nossa região, não importando o partido político. É bom lembrar ainda que o Araguaia possui mais de 100 mil votos.

Quanto a deputado federal o Araguaia pode sim, eleger sozinho, o seu deputado federal, desde que todos se unam e votem em um candidato daqui. Ele é que estaria comprometido com nossos anseios e reivindicações.
Mas enquanto cada partido político pensar que deve lançar um candidato para roubar votos de outra liderança, nós continuaremos navegando em águas turbulentas. Desse jeito, o Araguaia, vai novamente naufragar politicamente. E o tempo dirá se estamos ou não com a razão.

* Inácio Roberto Luft - Jornalista e radialista em Água Boa/MT.

Veja mais notícias: