• Anuncie
  • Brasil Escolar

0
0
0
s2sdefault

QUERÊNCIA – Na manhã desta quinta-feira (02/05), aconteceu a inauguração da tão esperada Agência Transfusional, em Querência. Participaram da solenidade de inauguração o prefeito Fernando Görgen, vice-prefeito e secretário de administração João Pizzi, secretária municipal de saúde Lubiane Boer, secretária adjunta Flávia Ruwer, presidente do Conselho Municipal de Saúde Bruna Santini, presidente da Câmara Municipal Neiriberto Erthal, coordenadora da Hemorrede Estadual de Mato Grosso Silvana Kruguer, coordenadora da UCT de Água Boa Vanessa Sicorra, representando as entidades religiosas Frei Arcides, diretora do Escritório Regional de Saúde Caroline Bernardo e diretor clínico  do Hospital Municipal de Querência Dr. Gary Sandalio Gutierrez.

A Agência fica na Rua Lucas Görgen, praticamente em frente ao Hospital Municipal, seguindo determinação de que agências transfusionais estejam à, no máximo, 50 metros da unidade hospitalar.

O projeto para a implantação da Agência Transfusional em Querência iniciou em 2008. A agência contará com uma equipe técnica composta por dois farmacêuticos, uma enfermeira, dois médicos, duas técnicas de enfermagem e uma recepcionista. A equipe passou por treinamento na UCT de Água Boa e no Hemocentro, em Cuiabá.

Com a implantação da AT, todos os pacientes que precisarem de uma transfusão sanguínea, contarão com as bolsas de sangues disponíveis no município. Até então, os pacientes que necessitavam de transfusão tinham que aguardar até seis horas para passar pelo procedimento. Isso porque era coletada uma amostra de sangue do paciente, encaminhada à Unidade de Coleta e Transfusão (UCT) de Àgua Boa (220 km de Querência), onde eram realizados os testes necessários, e só então a bolsa de sangue era trazida ao município. Agora, com a Agência Transfusional, esse processo cai para, no máximo, 40 minutos.

Apesar de parecidos, os bancos de sangue e agências transfusionais possuem diferenças em sua atuação. O banco de sangue é o local onde é feito todo o processo, desde a captação e cadastro do doador até a coleta do sangue, armazenamento e liberação do material. A agência transfusional é onde se recebe as bolsas já fracionadas com todos os testes imunológicos do doador, para ser utilizada.

A abertura da Agência Transfusional de Querência já era prevista no Plano Estadual Diretor do Sangue 2016-2019, conforme informou a coordenadora da Hemorrede Estadual de Mato Grosso, Silvana Kruguer, no ato de inauguração da agência. “Este momento é um divisor de águas. A abertura desta Agência Transfusional já era prevista no Plano Estadual Diretor do Sangue, dado a necessidade e a importância de ter esse tipo de serviço aqui. Não tem como a gente ter uma estrutura hospitalar, fazendo os procedimentos que realizam, sem ter o aparato hemoterápico no município.”

Silvana falou ainda que para abrir a agência em Querência, foi necessário apoio federal, estadual e municipal. “O SUS, ele é feito tripartite, esses equipamentos foram conseguidos com recursos federais. Fizemos o repasse, o município complementou nos equipamentos que nós não pudemos atender a tempo e fizemos toda qualificação da equipe técnica. Desde o médico, o responsável técnico, a enfermeira, quem faz a parte laboratorial. Eles passaram por um estágio na nossa Unidade em Água Boa.”

O prefeito Fernando Görgen agradeceu a toda equipe envolvida no projeto de implantação da agência. Fernando frisou que foi um processo demorado mas compensatório, agora que é uma realidade. “É muito importante para Querência e para região. Sangue salva vidas. Eu acho que nós temos uma boa equipe médica, faz muitas cirurgias. Como o Diretor Clínico Hospital Municipal de Querência Dr. Gary Gutierrez colocou, foram necessárias mais de mil cirurgias para provar que nós precisamos de sangue sim.”

Para o prefeito, essa agência dignificará ainda mais o trabalho da saúde no município, que já possui uma equipe de cirúrgica eficiente. Outra colocação feita por Fernando Görgen, é que o limite de orçamento para gastos com a saúde está atingindo seu limite. Ele não falou em dados dos gastos, mas salientou que “essa melhoria traz consigo mais gastos, porém é para salvar vidas, então é investimento”.

Querência ficou mais de dois anos sem realizar campanhas de doação de sangue. A primeira campanha deste ano, realizada no mês de abril, contou com 126 pacientes cadastrados e 84 bolsas de sangue coletadas. À partir de agora, com a Agência Transfusional devidamente instalada, as coletas de sangue serão realizadas com periodicidade no município. A equipe da UCT de Água Boa virá à Querência à cada três meses realizar Campanhas de Coleta de Sangue.

Veja Também

Cidades
  • 02 Outubro 2019
  • Por Michele Soares

2ª Mostra de Dança acontece hoje e amanhã

QUERÊNCIA - Acontece nesta quarta e quinta-feira, dias 02 e 03 de outubro, a 2ª Mostra de Dança de Querência. O evento, de categoria livre, será realizado na Adesque, à partir das 18:30hs. A Mostra não...