0
0
0
s2sdefault

ATUALIZADA DIA 03 maio de 2020

 

ÁGUA BOA - Nossa reportagem flagrou durante o feriadão, que algumas pessoas ainda não se acostumaram a utilizar máscara no comércio. Em alguns estabelecimentos comerciais, ainda encontramos clientes em máscara, mesmo com a presença de várias pessoas. Desde a semana passada se tornou obrigatório em Mato Grosso, o uso de máscara que proteja a boca e o nariz. O objetivo do decreto do Governo do Estado é evitar a disseminação do coronavírus, presente em mais de 30 municípios de Mato Grosso. Se as pessoas não se conscientizarem, podem acabar colaborando para o aumento no número de doentes. A partir do dia 5 de maio, o uso de máscara será obrigatório acompanhado de aplicação de multa. Porém, a multa não vai para a pessoa faltosa, e sim, apenas para o dono do estabelecimento comercial que permitir cliente sem máscara. Comércios em todo Mato Grosso devem ficar atentos para a situação.

Lei aprovada pela Assembleia Legislativa corrobora um Decreto do Governo de Mato Grosso, estabelecendo como obrigatório o uso de máscara por toda a população que frequenta locais públicos.

A máscara pode ser de fabricação caseira, desde que tampe o nariz e a boca. O uso da máscara protege a pessoa de possível contaminação por coronavírus.

Morador consciente sabe que precisa usar máscara em locais públicos para sua prroteção e de terceiros.

A partir de 5 de maio, caberá multa aos infratores. Os comerciantes que permitirem a entrada de pessoas sem máscaras nos estabelecimentos, funcionários ou clientes, serão multados. A publicação consta na edição extra do Diário Oficial do Estado (DOE).

 

===================================== 

ATUALIZADA DIA 13 ABRIL 2020

 

mascara cirurgicaCUIABÁ – O governo do Estado baixou por meio de decreto, o programa "Eu cuido de você e você cuida de mim". Estimula a solidariedade entre as pessoas por meio do incentivo ao uso de máscaras, mesmo que artesanais. O programa tem por objetivo evitar a contaminação pelo novo Coronavírus por aspersão aérea, reduzir o número de infectados e preservar a vida humana.

O governo quer estimular o uso de máscaras artesanais pela população de forma a não prejudicar o fornecimento de máscaras industriais para os profissionais de saúde da rede pública e privada. Visa infundir nas pessoas a confiança necessária para o exercício de atividades cotidianas minimizando os riscos de contaminação, sem prejuízo dos demais cuidados recomendados pelas autoridades sanitárias.mascara tnt

Os estabelecimentos públicos e privados deverão incentivar seus colaboradores e clientes ao uso de máscaras, mesmo que artesanais.

ÁGUA BOA – O uso de máscaras para diminuir a possibilidade de contágio pelo novo coronavírus (Covi-19), sugerido pelo governo de Mato Grosso, será compulsório em lugares públicos a partir de hoje. Algumas farmácias de Água Boa estavam com o produto em falta hoje cedo.

Na farmácia que ainda vende o produto, o pacote com 3 unidades reutilizáveis vale R$ 20.00. O aumento de preço do produto nas farmácias é atribuído ao aumento praticado pelos fabricantes. Nossa reportagem foi informada de que algumas costureiras seguem fornecendo o produto. Uma costureira fabrica a máscara com TNT e vende a R$ 2,50.

 

======================================== 

 

Publicado em 05 de abril

mascara ÁGUA BOA – Nossa reportagem fez uma pesquisa nas farmácias da cidade, para saber como estão os estoques de máscaras.

A maioria dos estabelecimentos informa que os estoques terminaram. Há um mês, uma máscara era vendida a apenas R$ 0,50.

Hoje, o valor mais baixo encontrado por nossa reportagem é de R$ 13,00. Isso dá uma margem de aumento de 2.500% em apenas 4 semanas.

Também encontramos ao menos duas costureiras que fabricam a máscara aqui, depois que os estoques sumiram nas farmácias. Uma das profissionais chegou a costurar mais de 500 máscaras.

No começo, ela vendia o produto a R$ 2,50 mas aumentou para R$ 5,00. A demanda diminuiu nos últimos dias.

O brasileiro realmente não é fácil de entender. No começo da pandemia do coronavírus, as pessoas correram aos supermercados para comprar vejam só, papel higiênico. Qual a relação desse produto com o vírus?