0
0
0
s2sdefault

negativoÁGUA BOA – Uma família que teve contato com a primeira vítima confirmada de coronavírus não está contente com o atendimento prestado pela saúde.

A mulher se queixa de que o marido ao procurar atendimento no PSF, foi mandado para fora do prédio, sem um pingo de educação. A recomendação foi de que eles mantivessem isolamento domiciliar.

Porém, depois o Posto de Saúde fez contato apenas por uma rede social, promovendo uma espécie de auto diagnóstico. O acompanhamento será feito agora apenas pelo celular, diz a família.

A moradora ficou indignada e revoltada pela falta de humanização no atendimento. Ela questiona que se esse for o atendimento para o primeiro caso de covid-19, como será se tivermos vários casos ao mesmo tempo.

Outras pessoas próximas que souberam do assunto se disseram descontentes com o mau atendimento na saúde. As pessoas acham que os técnicos da saúde deveriam fazer uma investigação mais profunda para entender como a doença se dissemina na cidade.