Água Boa - MT (99,7 FM)

Pablo Henrique Arena Sertaneja
Pablo Henrique

Ouça Agora!

(66) 99652-7007

Querência - MT (97,9 FM)

- Interativa Playlist
-

Ouça Agora!

(66) 98438-0051

Ribeirão Cascalheira - MT (103,1 FM)

Clara Cristina Rota Interativa
Clara Cristina

Ouça Agora!

(66) 997237390



Saúde

ÁGUA BOA – O Ministério da Saúde anunciou a prorrogação da Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza (Gripe) e a Campanha Nacional contra o Sarampo até o dia 24 de junho. 
A iniciativa se deve às baixas coberturas vacinais alcançadas nacionalmente, inclusive em Água Boa onde os números de vacinados encontram-se aquém das metas estabelecidas.
O Secretário de Saúde do município, Eberson Mateus apela para que as pessoas se conscientizem e aproveitem as campanhas de vacinação. A campanha contra a gripe só vacinou 50% da meta. Dos 7.600 moradores da previsão inicial, somente 3.800 vacinaram contra a Influenza.
A campanha do sarampo vacinou 965 crianças e trabalhadores da saúde, mas ainda está aquém da meta. A imunização da Covid também estagnou. Segundo o Secretário Mateus, a população deve continuar se vacinando com a segunda dose e com as doses de reforço.
Daqui a pouco a entrevista completa, às 12h 30min na Rádio Interativa.

O Secretário Municipal de Saúde, Eberson Mateus, reforçou a importância dessa campanha para que a população de Água Boa não sofra com doenças que podem ser evitadas com as vacinas. Também informou que as pessoas com necessidades específicas, que não tem condições de comparecer ao local, serão posteriormente vacinadas em casa mediante agendamento prévio. A solicitação pode ser feita por um familiar ou conhecido nas unidades de Saúde.

  • Crianças de 6 meses a menores de 5 anos (4 anos, 11 meses e 29 dias)
  • Gestantes
  • Puérperas (até 45 dias após o parto)
  • Pessoas com doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais:

           - Doença respiratória crônica

           - Doença cardíaca crônica

           - Doença renal crônica

           - Doença hepática crônica

           - Doença neurológica crônica

           - Diabetes

           - Obesidade grau III

           - Imunossuprimidos

           - Transplantados

           - Portadores de Trissomia

  • Pessoas com deficiência permanente (motora, auditiva, visual ou intelectual)
  • População indígena
  • População privada de liberdade
  • Professores do ensino básico e superior
  • Profissionais das Forças de Segurança e Salvamento
  • Profissionais das Forças Armadas
  • Funcionários do sistema de privação da liberdade
  • Caminhoneiro
  • Trabalhador de transporte coletivo
  • Trabalhadores portuários

Já a vacinação contra o Sarampo, na segunda fase, será voltada para todas as crianças entre seis meses e menores de 5 anos (4 anos, 11 meses e 29 dias).

Em caso de dúvida, procure a unidade de Saúde mais próxima de sua casa.

Por Assessoria de Comunicação Saúde

farmaciaÁGUA BOA – A partir desta quinta-feira (2), a Secretaria Municipal de Saúde vai estender o horário de funcionamento da Farmácia Municipal de Água Boa.
Agora as portas estarão abertas ao público das 07h30 às 12h, e de 13h30 às 18h, de segunda a sexta-feira.
A iniciativa da nova gestão municipal é ampliar a disponibilidade dos serviços em horários compatíveis aos dos trabalhadores.
Assim, tem como objetivo fortalecer a assistência farmacêutica municipal e o cuidado aos usuários, atendendo as pessoas que durante o expediente normal de funcionamento não conseguem se deslocar à unidade, conferindo maior resolutividade ao serviço.
A Farmácia Municipal fica anexa ao Centro Municipal de Saúde, na Avenida Tropical. (Por Assessoria de Comunicação Saúde)

Quem nunca pegou um pacote de alimento aberto no armário e percebeu alguns bichinhos na embalagem? Esses insetos, conhecidos como carunchos, são classificados como pequenos besouros, com tamanho em torno de 3 milímetros, e com reprodução dependente de fatores como umidade e temperatura. Muitas pessoas se desfazem dos alimentos contaminados pela praga, mas a sua ingestão realmente faz mal à saúde?

De acordo com a coordenadora de Nutrição da Universidade de Cuiabá (Unic), professora Jakeliny Kriki, “produtos com carunchos podem ter a sua qualidade e o valor nutricional comprometidos pois os animais citados, em si, não fazem mal a saúde, no entanto, podem ser vetores de fungos e outros parasitas, que produzem toxinas nos alimentos, prejudicando a saúde”, pontua.

O caruncho pode se desenvolver em todos os tipos de alimentos, principalmente nos secos, como farinhas, massas secas (macarrão e outras), chás, biscoitos, leguminosas (feijão, lentilha, ervilha, grão de bico, soja) e cereais (arroz, milho de pipoca). “Quando há muito caruncho em um pacote, há também muitos ovos e larvas, que se desenvolverão ali, podendo ainda migrar para outros produtos. No entanto, nos alimentos ricos em sódio essas pragas não costumam se desenvolver devido a composição da substância”, explica.

Segundo o professor do curso de Gastronomia da Unic, Marcus Vinícius, o problema pode ser evitado quando o consumidor está atento às condições de armazenamento no momento da aquisição. “É preciso checar a higiene do ambiente, se está empoeirado ou não, se há algum inseto etc.”, explica. O especialista diz ainda que o consumidor deve calcular a quantidade necessária antes de comprar. “O correto é não comprar em grande quantidade sem planejamento de uso”, orienta.

Jakeliny explica que o controle da proliferação do inseto deve ser feito ainda na plantação, mas há casos em que eles sobrevivem ao processo de beneficiamento ou de embalagem dos produtos, e a infestação geralmente começa a partir de um alimento adquirido já contaminado. Com condições climáticas favoráveis, eles se desenvolvem com mais facilidade. Marcus indica observar a embalagem dos produtos e manter a integridade após a compra “Qualquer buraco pode favorecer a entrada dos animais. Após a abertura do produto, deve-se fazer o armazenamento e fechamento de forma hermética para aumentar a durabilidade do produto”, comenta.

No caso dos alimentos industrializados, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) tolera alguns fragmentos de insetos, mas a professora alerta que há um risco nesse aproveitamento. “Recomendo descartar o produto quando identificado a presença insetos, pó no fundo do pacote e a identificação de larvas”, informa a docente.

Os professores orientam que na hora da faxina é necessário observar a presença de carunchos. Caso eles sejam encontrados é recomendado que os armários, prateleiras e outras áreas de armazenagem sejam esvaziados e as superfícies devem ser higienizadas com um pano limpo. “O aspirador de pó deve ser utilizado para garantir a limpeza de quinas e frestas, pois esses lugares podem ter ovos de carunchos e baratas. Finalize a limpeza com água e sabão”.

Veja algumas dicas valiosas para acondicionar os alimentos corretamente e evitar a presença desses insetos no seu armário:

- Observe a embalagem dos alimentos na compra, se existem furos, poeira, além de verificar a presença de insetos no ambiente e a validade do produto;

- Após abrir as embalagens de cereais, farinhas ou massas, transfira o conteúdo para potes bem fechados. Os carunchos não terão como sobreviver ali dentro. Guardar esses alimentos na geladeira também é uma opção para evitar a proliferação;

- Coloque etiquetas com data de validade em cada recipiente. Ingredientes fora do prazo deverão ser descartados para evitar riscos sanitários. Os alimentos secos após abertos devem ter em torno de 1 mês de validade. Caso haja, siga as orientações do fabricante;

- Se for estocar esses alimentos, é necessário inspeção periódica, para a existência de furos, rasgos ou presença de insetos.

UNIC  

Fundada em 1988, a Unic foi a primeira instituição privada de ensino superior no Mato Grosso e é uma das universidades mais conhecidas e tradicionais da região, tendo formado milhares de alunos nos cursos presencias e a distância. Com unidades em várias cidades do estado e representatividade em diversos campos de atuação, a instituição oferece cursos de extensão, graduação, pós-graduação lato sensu, além de programas de mestrado e doutorado.  

De portas abertas para a comunidade, a instituição presta inúmeros serviços à população por meio das Clínicas-Escola na área de Saúde e Núcleos de Práticas Jurídicas, locais em que os acadêmicos desenvolvem os estudos práticos. Focada na excelência da integração entre ensino, pesquisa e extensão, a Unic oferece formação de qualidade e tem em seu DNA a preocupação em compartilhar o conhecimento com a sociedade também por meio de projetos e ações sociais.  

Em 2010, a Unic passou a integrar a Kroton. Para mais informações, acesse o site. 

Sobre a Kroton 

A Kroton nasceu com a missão de transformar a vida das pessoas por meio da educação, compartilhando o conhecimento que forma cidadãos e gera oportunidades no mercado de trabalho. Parte da holding Cogna Educação, uma companhia brasileira de capital aberto dentre as principais organizações educacionais do mundo, a Kroton leva educação de qualidade a mais de 936 mil estudantes do ensino superior em todo o País. Presente em 1.672 municípios, a instituição conta com 131 unidades próprias, sob as marcas Anhanguera, Pitágoras, Unic, Uniderp, Unime e Unopar e é, há mais de 20 anos, pioneira no ensino à distância no Brasil. A Kroton possui a maior operação de polos de EAD no país, com 2.259 unidades, e oferece no ambiente digital 100% dos cursos existentes na modalidade presencial. Com a transmissão de mais de 1.000 horas de aulas a cada mês em ambientes virtuais, a Kroton trabalha para oferecer sempre a melhor experiência aos alunos, apoiando sua jornada de formação profissional para que possam alcançar seus objetivos e sonhos. Para mais informações acesse: kroton. (Ascom)

prefrefo22centroreaRIBEIRÃO CASCALHEIRA – O Centro de Reabilitação São João Batista, está passando por reforma que deve terminar em junho.
Segundo a Prefeita, Luzia Nunes Brandão, a reforma e adequação do prédio, melhorará o atendimento ao público.
O Secretário de Saúde, Fausto Francisco, afirmou que os pacientes poderão receber tratamento de reabilitação funcional, mais adequada, após os ajustes.

O Instituto Nacional de Câncer (INCA) estima que para cada ano do triênio 2020/2022, sejam diagnosticados, no Brasil, 13.780 novos casos de câncer de tireoide (1.830 em homens e 11.950 em mulheres). Um levantamento realizado pela Fundação Instituto de Pesquisa e Estudo de Diagnóstico por Imagem (FIDI) -- gestora de serviços de diagnóstico por imagem na rede pública -- aponta que, de 2020 para 2021, os exames de ultrassom de tireoide cresceram cerca de 30% na rede pública onde FIDI atua (foram 22.677 exames em 2020 e 30.473 em 2021). Até maio de 2022, o número de exames realizados já chegou a 11.791.

“O câncer de tireoide é responsável por aproximadamente 1% de todos os tumores malignos do corpo. No entanto, suspeita-se que sua incidência seja maior pelo fato de ser um tumor geralmente pouco agressivo, que pode passar despercebido ao longo da vida. O câncer de tireoide é três vezes mais comum nas mulheres do que nos homens. Dois em cada três casos ocorrem com pessoas na faixa etária entre 20 e 55 anos de idade”, explica a oncologista Andréa Barros, médica membro da plataforma Doctoralia.

Sintomas e diagnóstico

Os primeiros sintomas da doença começam como um tumor pequeno que se manifesta como um nódulo assintomático. “Estima-se que 65% da população brasileira tenha nódulos na tireoide em algum momento da vida e não significa que sejam malignos. Apenas 6,5% deles são câncer”, esclarece a oncologista.

A abordagem inicial do paciente consiste no exame físico, na avaliação do hormônio estimulador da tireoide (TSH) e das características ultrassonográficas dos nódulos tireoidianos e eventual linfadenopatia, que é quando os nódulos linfáticos aumentam de tamanho.

“Com ultrassonografia, a detecção de nódulos da tireoide tornou-se cada vez mais frequente e, o grande desafio na prática clínica consiste em identificar quais dessas lesões são realmente relevantes e precisam ser diagnosticadas. As informações obtidas servirão como base para proceder ou não a exames mais específicos para confirmar a gravidade daquele nódulo”, complementa Igor Santos, médico radiologista e superintendente de FIDI.

De acordo com dados da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM), a maioria dos nódulos (cerca de 90%) são benignos (não-cancerosos), mas aqueles que são cancerosos podem espalhar por todo o corpo e colocar a vida em risco.

Fatores de risco e tratamento

Doenças hereditárias como síndrome de Gardner, polipose familiar e doença de Cowden, também podem ser consideradas fatores de risco. “Além disso, crianças que fizeram tratamento com radiação na região da cabeça e do pescoço ou radioterapia para câncer, como linfoma de Hodgkin, também correm maior risco de ter câncer de tireoide mais tarde”, complementa a oncologista.

Os especialistas indicam que é fundamental fazer os exames de rotina e procurar o médico sempre que tiver algum tipo de mudança na região onde está localizada a tireoide: nódulo no pescoço, dor na parte da frente do pescoço, que pode irradiar para os ouvidos, rouquidão ou mudança no timbre de voz que não passa com o tempo, dificuldade para engolir, dificuldade para respirar e tosse que não passa e não é causada por gripe devem ser considerados sinais de alerta.

Os tratamentos podem ser realizados por meio de cirurgia, terapia com iodo radioativo, radiação externa e quimioterapia.
 

Sobre a FIDI

Fundada em 1985 por médicos professores integrantes do Departamento de Diagnóstico por Imagem da Escola Paulista de Medicina -- atual Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) --, a FIDI é uma Fundação privada sem fins lucrativos que reinveste 100% de seus recursos em assistência médica à população brasileira, por meio do desenvolvimento de soluções de diagnóstico por imagem, realização de atividades de ensino, pesquisa e extensão médico-científica, ações sociais e filantrópicas. Com 2.065 colaboradores e um corpo técnico formado por mais de 400 médicos, a FIDI está presente em 77 unidades de saúde nos estados de São Paulo e Goiás, e é a maior prestadora de serviços de diagnóstico por imagem do SUS, realizando aproximadamente 5 milhões de exames por ano, entre ressonância magnética, tomografia computadorizada, ultrassonografia, mamografia, raios-X e densitometria óssea.

A Fundação também trabalha na proposição de soluções inovadoras para a saúde pública, como o sistema de análise de imagens de tomografia computadorizada por inteligência artificial, e participou da primeira Parceria Público-Privada de diagnóstico por imagem na Bahia. Por duas vezes, a FIDI recebeu o prêmio Referências da Saúde 2019 e 2020, na categoria Qualidade Assistencial, e por três vezes foi medalhista em desafios internacionais de aplicação de inteligência artificial no diagnóstico por imagem, propostos na conferência anual da Sociedade Norte-Americana de Radiologia, considerado o maior congresso do setor no mundo. Ao final de 2020, a Central de Laudos da FIDI obteve a certificação ISO 9001:2015 de Gestão da Qualidade, pela International Organization for Standardization e, em 2021, recebeu o selo de “Excelente Empresa Para se Trabalhar” (GPTW).

Sobre a Doctoralia

A Doctoralia é uma empresa do Grupo Docplanner, maior plataforma de saúde do mundo. Presente em 13 países, o grupo é responsável por atender 53 milhões de pacientes e processar mais de 7,5 milhões de agendamentos de consultas por mês, atualmente, possui mais de 2 milhões de profissionais de saúde em sua base, com um total de 10 milhões de avaliações de pacientes. A companhia foi fundada em 2012, na Polônia, e possui uma equipe de 2.200 funcionários nos escritórios de Varsóvia, Barcelona, Istambul, Roma, Bolonha, Munique, Cidade do México e Curitiba.

Com a missão global de tornar a experiência em saúde mais humana, a Doctoralia atende a diferentes públicos ao oferecer uma gama diversificada de serviços: marketplace, que permite agendamento e avaliação de consultas, softwares médicos para consultas virtuais, sistema SaaS (Software as a Service) voltado para otimização da gestão e do fluxo de pacientes e o TuoTempo, um software de relacionamento com o paciente, ou CRM (Customer Relationship Management), que promove uma experiência que valoriza o paciente em toda a sua jornada, focada em instituições de saúde, como hospitais, redes de clínicas e centros de medicina diagnóstica.

Para ampliar o alcance do serviço, a Doctoralia disponibiliza também o aplicativo móvel nas versões iOS e Android. (Ascom)

ÁGUA BOA - A Secretaria Municipal de Saúde finalizou o balanço sobre o comparativo do número de exames realizados pelo Laboratório Municipal de Análises Clínicas, em Água Boa, nos últimos anos. Até o mês de abril deste ano foram realizados 25.081 exames, neste mesmo período do ano passado o número era de 14.598, revelando um aumento de 72%. laboratorio mun

Em 2021, a avaliação mostrou que foram realizados 56.260 exames de rotina e especializados, aumento de 42% se comparado a 2020, quando o Laboratório Municipal processou 39.727 exames.

A responsável pela unidade, a biomédica Lorena Bernardes explica que todo esse aumento se deve a diversos fatores, como o aumento do número de unidades de saúde e de médicos especialistas no município, o que resultou em um maior número de pedidos por paciente. Recentemente, a unidade também começou a realizar exames hormonais, que antes eram terceirizados.

O secretário de Saúde, Mateus, avaliou os números positivamente e comentou que a gestão municipal tem se empenhado para ampliar os diversos serviços de Saúde de Água Boa tornando-os resolutivos e de qualidade. Ainda destacou os esforços da equipe de Saúde que vem abraçando novos desafios para garantir um atendimento cada vez mais humanizado para a população.

Números

No mês de abril de 2022 a unidade realizou 7.642 exames e em março 6.691, o maior número atingido anteriormente havia sido em outubro de 2021 quando foram realizados 6.212 exames, seguido do mês de agosto com 6.010 exames. Antes disso, o maior número era de maio de 2017, com 5.930 exames.

Pelo comparativo, é possível perceber o grande aumento em relação aos anos anteriores, mostrando que os números de abril bateram o recorde de exames realizados por mês no Laboratório.

O Laboratório Municipal atende pacientes através do Sistema Único de Saúde (SUS), de forma gratuita, e fica localizado no Centro Municipal de Saúde, Avenida Tropical, nº 344, Bloco C – Centro. O horário de funcionamento é das 07h30 às 11h00 e das 13h30 às 17h30, de segunda a sexta-feira. (Ascom)

ÁGUA BOA - Com intuito de auxiliar as pessoas que estão acima do peso a controlar a gordura corporal e desenvolver hábitos saudáveis, uma equipe da Secretaria Municipal de Saúde implantou o Programa “Peso Legal” em Água Boa-MT. controle peso

Quem quiser participar deve procurar a Unidade Básica de Saúde de seu bairro e passar pela equipe de enfermagem informando o interesse. A primeira turma encerra as inscrições no dia 30 de maio.

Estão envolvidas na ação a fisioterapeuta Rosana Perozzo, a educadora física Cyntia, a nutricionista Thayana e as enfermeiras das unidades de Saúde da cidade.

Entre as ações do grupo Peso Legal, estão a avaliação através da bioimpedanciometria e exames laboratoriais como o lipidograma e a glicemia; orientações nutricionais e realização de atividade física 5 vezes na semana, com participação na Escola da Coluna na segunda e quinta-feira e atividades na praça da Cultura terça, quarta e sexta-feira às 8h.

Em outubro, os participantes vão passar por uma reavaliação da pesagem e exames laboratoriais para verificar se estão conseguindo perder peso de forma saudável. Para mais informações procure seu ESF de referência. (Por Assessoria de Comunicação Saúde)

Página 4 de 152

Veja mais notícias: