Água Boa - MT,

Produção de Soja em Querência Apresenta Declínio na Produtividade

Atualizada 12/04/24

Imagem do WhatsApp de 2024 04 12 às 11.45.10 6747138a
QUERÊNCIA - Segundo levantamento realizado pelo Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea) em parceria com a Aprosoja, a safra de soja em Querência enfrentou uma redução na produtividade durante o período 2023/24 em comparação ao ano anterior. Apesar desse cenário desafiador, a área destinada ao cultivo da oleaginosa na região continua em expansão.

Na safra anterior, a produtividade média alcançou aproximadamente 70 sacas por hectare, mas na safra atual esse número caiu para cerca de 55 sacas por hectare, refletindo um declínio de aproximadamente 21%.

Contudo, observou-se um aumento na área plantada, que passou de aproximadamente 160 mil hectares na safra anterior para cerca de 163 mil hectares na safra atual, representando um acréscimo de aproximadamente 2%.

Apesar desse crescimento na área cultivada, a produção total de soja em Querência foi inferior à safra anterior. Em 2022/23, a produção total atingiu cerca de 668 mil toneladas, enquanto na safra 2023/24 esse número decresceu para aproximadamente 538 mil toneladas, indicando uma redução de cerca de 20%.

A queda na produtividade pode ter sido influenciada por diversos fatores, incluindo condições climáticas desfavoráveis durante o ciclo da safra. O Imea também prevê uma área plantada de cerca de 165 mil hectares para a safra 2024/25 em Querência.

=========================================================================================

QUERÊNCIA – Em entrevista ao nosso jornalismo, o presidente do Sindicato Rural, Gilmar Wentz afirmou a expectativa da safra de soja 22/23 do município.

Com a área estimada em cerca de 440 mil hectares plantados, Querência teve poucos problemas com a quebra de safra em comparação com outros municípios do Vale do Araguaia.

Em alguns locais isolados, produtores refizeram o plantio e conseguiram aproveitar a área que não obteve rendimento devido ao baixo volume de chuvas.

Produtores que possuem o sistema de irrigação, como a Fazenda Schneider, iniciaram o plantio no dia 16 de setembro e a colheita será em 04 de janeiro.

Ainda segundo Gilmar, a chuva “tarda mas não falha”, neste ano, ela se firmou em meados de dezembro, com isso, produtores tiveram que usar de tecnologias.

Confira Mais Notícias