Água Boa - MT,
Após avanços importantes, CPI da Telefonia e Internet Móvel prorroga por mais 180 dias

Após avanços importantes, CPI da Telefonia e Internet Móvel prorroga por mais 180 dias

Atualizada dia 21 mar 24 

deputado dr eugenioCUIABÁDeputados da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Telefonia e Internet Móvel prorrogaram por mais 180 dias o prazo de trabalho da comissão, cujo prazo venceria em 30 de março.

“É horrível o sistema de telefonia, está muito aquém dos investimentos de R$ 100 milhões divulgados. As empresas têm tido lucro exorbitante. Não somos contra o lucro, mas que as empresas prestem serviço de qualidade”, cobrou o relator da CPI, deputado Dr. Eugênio.

“Não adianta as empresas dizerem que estão em alguma localidade, que existe o sinal e eles serem de péssima qualidade. Tem, mas não tem. Fica aquele sentimento da população de que ela está abandonada naquele município e fica a cobrança em cima dos prefeitos e dos vereadores”, disse o deputado sobre relatos que recebe.

O deputado afirma que houve ganhos importantes do sinal em cidades, como Água Boa e Canarana, após o trabalho da CPI, mas que outros municípios do Araguaia e de todo Mato Grosso ainda precisam da melhor qualidade no sinal de telefonia e internet móvel.

“Eu vejo que a regulação é um dos gargalos que temos e o relatório da CPI vai comprovar isso. Temos uma regulação muito frouxa e que faz com que as empresas não cumpram o contrato do jeito como tem que ser cumprido”, questionou Dr. Eugênio.

“Precisamos fazer, presidente, esses serviços avançarem. Que cheguem a todos os distritos e municípios de Mato Grosso, precisamos inserir essa população excluída”, reforçou o parlamentar.

Participaram da decisão pela prorrogação do trabalho da CPI, o presidente Diego Guimarães (Republicanos), o relator, deputado Dr Eugênio de Paiva (PSB) e os membros Beto Dois a Um, Carlos Avallone (PSDB) e Juca do Guaraná (MDB). Os dois últimos on-line.

Blitz da Telefonia

Em outro encaminhamento, os deputados também vão solicitar formalmente por ofício informações e resultados sobre a Blitz da Telefonia Móvel realizada pelo ministro das Comunicações, Juscelino Filho, e equipe da Agência Nacional das Telecomunicações (Anatel) e das operadoras em Cuiabá, no início de dezembro.

Técnicos da Anatel fizeram na ocasião medições com equipamentos o sinal e a taxa de download das faixas 4G e 5G oferecidas pelas operadoras Claro, TIM e Vivo na região do bairro CPA e do Tijucal.

Eles fizeram o monitoramento em 19 regiões de Cuiabá onde havia maior reclamação quanto ao sinal de telefone e taxa de desempenho da internet. Alguns dos locais foram indicados pela CPI da Telefonia da Assembleia Legislativa. (Ascom)


===================== 
Atualizada - 20/MAI/23

PADRAO NEWS.00 02 54 19.Quadro181QUERÊNCIA – O Deputado Estadual Dr. Eugênio, em entrevista ao Notícias Interativa e Rádio Interativa FM, falou sobre a CPI da Telefonia Móvel. Ele contou como foi a oitiva das 3 operadoras. Prestação de serviços no Araguaia é amplamente criticada.
Veja vídeo:



======================================================

cpi fone 1BRASÍLIA - A qualidade dos serviços de telefonia móvel prestados pelas concessionárias no estado de Mato Grosso, com ênfase à péssima qualidade de sinal na maior parte do Vale do Araguaia esteve em pauta, nesta quarta-feira (26.04), na Agência Nacional de Telecomunicações (ANATEL), reivindicada pela CPI da Telefonia instaurada pela ALMT.

 “Nós, da CPI da Telefonia, instaurada no início desta nova legislatura na Assembleia Legislativa agradecemos o presidente da ANATEL, Carlos Manuel Baigorri, por toda presteza e atenção nesta agenda em Brasília, colocando, inclusive, o escritório sede de Mato Grosso à inteira disposição dos trabalhos do Parlamento, numa clara demonstração de que estamos no caminho certo”, observou o relator da CPI, deputado estadual Dr. Eugênio, que retorna ao parlamento no próximo dia 10.  cpi fone 2

 Na oportunidade, ficou definido que a Anatel também municiará os trabalhos da CPI da Telefonia com aparelhos tecnológicos capazes de mensurar a qualidade do sinal ofertado em cada município. “Com isso, não tenho dúvida na condição de relator da CPI de que faremos um trabalho minucioso, que somará esforços nas cobranças já feitas pelo órgão nacional”, completou o parlamentar. 

 Agendada com o apoio e presença do senador Wellington Fagundes, a reunião em Brasília contou com a presidente da CPI, Diego Guimarães, além dos deputados federais Coronel Assis, Fábio Garcia e Abílio Brunini.   (Ascom)

Confira Mais Notícias